Tipografias no porto

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 30 (7293 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
À procura do Tipo D’ouro: a busca pela Massarelos

Um forte agradecimento a todos aqueles que nos ajudaram neste projecto. Todo o conhecimento que nos foi transmitido não será esquecido.

Tipografia Vania Maia (Norberto Maia) Rua de Belomonte, n.º 116, 4050-096 Tipografia Mega Largo São Domingos, n.º 63, 1º andar, 4050-545 Porto Tipografia Vitória Rua dos Caldeireiros, n.º 155, 4050-140Porto Arquivo Distrital do Porto Rua das Taipas, n.º 90, 4050 Porto

Dimensões do documento: 160 por 160mm, 104 páginas (menos capa)

Índice
Introdução Vania Maia Fotografias Tipografia Mega Fotografias Tipografia Vitória Fotografias Conclusão Mapa das zonas de interesse 7 | 14 | 22 | 42 | 54 | 66 | 70 | 98 | 102 |

Desde o início da revolução industrial que a cidade do Porto se apresentoucomo um dos principais palcos da sua evolução das máquinas em Portugal. Aqui se viu nascer inúmeras empresas ligadas à indústria, directamente ligadas ou muito influenciadas, permitindo uma evolução drástica desses mesmos grupos, e das pessoas que na cidade habitavam. Tal ainda é bastante visível, onde as empresas de grande nome ainda se situam principalmente na zona norte do país, bastante pertodo Porto, e que no passado século têm vindo a encerrar por não acompanharem a evolução dos tempos. Muitas famílias da cidade têm um ou mais elementos que já trabalharam numa fábrica, ou conhecem o termo “Ilhas”, complexos habitacionais fechados, construídos de modo a

que famílias inteiras estivessem perto da fábrica onde trabalhavam. São estas algumas das características que deram a imagem de“Cidade Trabalhadora” ao Porto, criando uma criatura de ferro que funcionava 24 horas por dia, com habitantes que funcionavam como peças de uma grande máquina. Com este passado muito ligado à produção em massa, não é de espantar que o Porto se tornaria um dos mais fortes locais de desenvolvimento na área das Artes Gráficas. Independentemente do seu tamanho, ou se era uma cooperativa ou um negócio defamília, o aparecimento destes locais de produção gráfica surgiu quase que sorrateiramente, sem que as pessoas se apercebessem da sua existência pois, na sua maioria, estes locais nunca estiveram devidamente identificados.
Introdução 7

No caso de gráficas mais pequenas, muitos delas não são diferentes de simples casas e eram negócios de família, onde a ausência de letreiros ou montrasdecoradas com os produtos que vendiam separavam-nas da imagem que as lojas tradicionais de comércio de retalho tinham, fortalecendo a ideia que se tratavam de pequenas fábricas de produção, trocando os “monstros” das grandes fábricas por máquinas de impressão, entre outras com funções muito próprias, com dimensões ideais para “habitarem” estas pequenas casas. Deparamo-nos assim com os factores ideaispara o aparecimento de uma máquina de impressão produzida em Portugal, um produto nacional no meio de imensas máquinas importadas como o caso da famosa Heidelberg, entre outras máquinas menores.
8 Introdução

Partimos então numa procura de uma máquina produzida no coração da cidade do Porto, a que a chamaremos de “Massarelos”, pois era nesta freguesia onde possivelmente ela tinha sido criada. Umaprocura “às cegas” muito devido a um forte desconhecimento sobre o assunto e uma forte inexistência de documentação que pudesse servir como base de pesquisa. Foi como uma procura da Galinha de Ovos de Ouro, ou procurar uma agulha no palheiro, onde na sua maioria, a procura terminava em vão, sem resultados, o que por si era bastante desmotivador. O conhecimento existente sobre esta máquina esteveapenas presente nas palavras das pessoas que estão ligadas à produção gráfica, ou que têm algum interesse na área.

Por diversos motivos optamos por seguir uma pesquisa menos convencional, fora do género de investigação “normal”, onde a principal fonte de informação se encontra escrita, distribuída em diversos documentos onde o registo é a tinta permanente. Foi uma procura onde as pessoas e...
tracking img