tidir

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1764 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de novembro de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
TRABALHO INTERDISCILINAR DIRIGIDO II
INSTITUTO POLITÉCNICO – Centro Universitário UNA
ENERGIA EÓLICA RESIDENCIAL ALIADA A ECONOMIA DE ENERGIA CONVENCIONAL
CURSO: ENGENHARIA CIVIL
Autores: Allan Carvalho de Siqueira, Hillairy Luiza Silveira Nogueira, Lays Souza Miranda, Lucca Americano da Silva, Nasra Silva Crivellari, Vilmar Rodrigues Junior.
Professor TIDIR Orientador: Elida Jussarada Costa
Professores Co-orientadores: Fischer Stefan Meira, Ive Silvestre de Almeida, Warley Leal de Souza.
1. TEMA: INTRODUÇÃO A CIÊNCIA
2. SUBTEMA: FONTES ALTERNATIVAS DE ENERGIA
3. IDENTIFICAÇAO DO PROBLEMA
A energia elétrica é algo necessário para o desenvolvimento da sociedade, o crescimento econômico de um país. Nos últimos anos temos visto a escassez de recursos tradicionais para ageração de energia elétrica, como por exemplo, grandes períodos de estiagem, fazendo com que os reservatórios de hidrelétricas fiquem quase vazios, gerando racionamento de água e o medo de um novo racionamento de energia. Outro problema seria o impacto ambiental causado. Diante de tal cenário, pesquisas têm sido realizadas a fim de amenizar a situação gerando fontes alternativas de energia. Aenergia eólica de pequeno porte, ou residencial, tem sido utilizada como alternativa para composição à matriz energética do país. Algumas empresas brasileiras já estão investindo em aerogeradores residenciais para funcionamento junto à rede elétrica.
4. OBJETIVO
Este trabalho apresenta uma forma sustentável de produção de energia eólica em residências, com armazenamento dessa produção, de modo queo consumidor possa reter essa energia produzida, para o próprio consumo em dias de pouco vento ou ser um fornecedor da rede convencional recebendo assim desconto na conta de energia elétrica proporcional ao excedente transferido para a rede pública.
Apresentar a tecnologia da turbina eólica de eixo vertical mais adequada à geração de energia eólica em áreas urbanas por aceitar ventos emvárias direções para seu funcionamento. Mostrar as vantagens e desvantagens da geração de energia eólica residencial bem como seus aspectos críticos e viabilidade econômica.
5. REVISÃO BIBLIOGRÁFICA
Pensando em melhorar a questão de fornecimento e alimentação da rede elétrica, no dia 17/04/2012 a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), criou o Sistema de Compensação de Energia, que permite queas distribuidoras usem a energia proveniente de pequenos geradores instalados em residências. A energia que não for usada pelo consumidor poderá ser transferida para a rede da distribuidora local gerando desconto proporcional ao transferido. Essa troca só vale para geradores que utilizam fontes incentivadas de energia e inclui microgeração de até 100 quilowatts de potência e minigeração de 100quilowatts a 1 megawatt (ANEEL, 2012).
Como a freqüência dos ventos é necessária para que a energia eólica seja gerada, os ventos irregulares dos centros urbanos sempre foi um desafio, pois os modelos de geradores eólicos já existentes exigiam ventos mais fortes e constantes. A turbina de eixo vertical potencializa o aproveitamento de ventos fracos e irregulares, muito comuns em centros urbanos.(ALTERNATIVA... 2013)
6. DESENVOLVIMENTO DO TRABALHO
Este trabalho foi desenvolvido para apresentar como os geradores eólicos de pequeno porte de eixo vertical podem auxiliar na economia de energia e ao mesmo tempo mostrar uma forma sustentável para geração de energia elétrica.
6.1 Metodologia
Trabalho baseado em informações fornecidas pelo Engenheiro Eduardo Salvato da empresa Eolicom, comsede em Florianópolis/SC, pesquisas realizadas no site do grupo, revisão bibliográfica e construção do protótipo de uma turbina eólica de eixo vertical.
Para apresentação, foi feito um protótipo, sendo que o eixo e as pás foram confeccionados em cano de PVC e para o gerador foi utilizado um dínamo de corrente contínua de 12V, muito utilizado em bicicletas antigas para acender o farol. Para a...