Teste da orelhinha

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 21 (5010 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
On-line version ISSN 1982-0216
Rev. CEFAC vol.14 no.2 São Paulo Mar./Apr. 2012 Epub Oct 28, 2011
http://dx.doi.org/10.1590/S1516-18462011005000114 
Saúde auditiva dos recém-nascidos: atuação da fonoaudiologia na Estratégia Saúde da Família
 
Newborn hearing health: speech therapy acting on Family Health Strategy
 
 
Raquel Martins MaiaI; Maria Adelane Monteiro da SilvaII; PatríciaMoreira Bezerra TavaresIII
IFonoaudióloga; Graduada pela Faculdade de Saúde, Ciências Humanas e Tecnológicas do Piauí, Teresina-Pi; Especialização com Caráter de Residência Multiprofissional em Saúde da Família pela Escola de Formação em Saúde da Família Visconde de Sabóia, Sobral-CE e Universidade Estadual Vale do Acaraú, Sobral-CE
IIEnfermeira; Docente da Escola de Formação em Saúde da FamíliaVisconde de Sabóia, Sobral-CE; Doutora em Enfermagem pela Universidade Federal do Ceará, Fortaleza-CE
IIIFonoaudióloga; Serviço de Atenção à Saúde Auditiva, Sobral-CE; Especialização em Audiologia pelo Núcleo de Tratamento e Estimulação Precoce pela Universidade Federal do Ceará, Fortaleza-CE; Especialização em Motricidade Orofacial pelo CEFAC-Saúde e Educação
Endereço para correspondência
 
 RESUMO
OBJETIVO: analisar o acompanhamento dos recém-nascidos quanto à promoção da saúde auditiva após a inserção da fonoaudiologia na Estratégia Saúde da Família.
MÉTODO: estudo retrospectivo e documental com abordagem quantitativa com 88 recém-nascidos que realizaram o teste da orelhinha, no período de fevereiro a maio de 2010, a partir dos relatórios mensais de devolutiva do Serviço deAtenção a Saúde Auditiva do município, consolidados mensais e prontuários de um Centro de Saúde da Família em Sobral-Ce.
RESULTADOS: dos recém-nascidos avaliados, 35 (39,77%) falharam no teste, entre estes, 7 (20%) apresentam indicador de risco para deficiência auditiva e 28 (80%) não apresentavam nenhum risco. Verificou-se também divergências entre os dados do Serviço de Atenção a Saúde Auditiva eos prontuários do Centro de Saúde da Família quanto a classificação dos indicadores de risco para a perda auditiva. Observou-se ainda que, o número de encaminhamentos para o teste da orelhinha aumentou 8,33%. Em relação ao reteste, 1 (7,69%) criança retornou nos meses de março a agosto de 2009 e entre os meses de setembro/2009 a fevereiro/2010 após a atuação da fonoaudiologia no CSF do Sumaré 17(65,38%) crianças realizaram o reteste.
CONCLUSÃO: os dados sugerem a importância da presença do fonoaudiólogo na atenção primária, sendo fundamental no acompanhamento e monitoramento do diagnóstico precoce das alterações auditivas.
Descritores: Promoção da Saúde; Audição; Fonoaudiologia

ABSTRACT
PURPOSE: to analyze the monitoring of the newborn and the promotion of hearing health afterinsertion of speech therapy at the Family Health Strategy.
METHOD: this is a retrospective documentary study with quantitative approach using 88 infants who underwent OAE testing in the period from February to May 2010, we examined the monthly reports’ devolution of the Health Hearing Service of the Municipality, consolidated monthly statements and the handbooks of the Center for Family Health inSobral-Ce.
RESULTS: from the studied newborns, 35 (39.77%) failed the test, 7 (20%) were infants with risk indicator for hearing loss and 28 (80%) did not have any risk; It was found that some infants classified by risk indicator of the health Hearing Service had no risk factor according to the Family Health Center. It was also observed that increased the number of referrals to the OAE testincreased 8.33%. As for the retesting, 1 (7.69%) child returned in the months from March to August 2009, compared to the months of September/2009 to February/2010 where 17 (65.38%) children had being retested after the performance of speech therapy in the CSF of Sumaré.
CONCLUSION: the presence of speech therapy in primary care is essential for monitoring and tracking the early diagnosis of hearing...
tracking img