Teorias enfermagem

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4148 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1 – O QUE É UM PARADIGMA
Define-se paradigma como o conjunto de elementos culturais, de conhecimentos e códigos teóricos,técnicos e metodológicos compartilhados pelos membros de uma comunidade científica.São três os paradigmas em que a enfermagem se tem inscrito no tempo: Categorização, Integraçãoe Transformação. Estes paradigmas são localizáveis cronologicamente porque são representativosdaépoca onde se inserem ( ideologias, política social, organizações).Cada paradigma contém conjuntos de representações de ideias, valores e crenças de umasociedade em determinada época - As Escolas de Pensamento. Dentro destas situam-se asTeorias, das quais os Modelos Teóricos pretendem ser representações práticas (e por isso maisperceptíveis do ponto de vista do real).No caso dos modelos teóricos deenfermagem, verifica-se que se apoiam em teorias sobretudooriundas das ciências sociais e humanas, consideradas mais consentâneas com a especificidade daenfermagem (antropologia, psicologia, sociologia), orientam as práticas em enfermagem e servemde guia para a formação, investigação e gestão dos cuidados de enfermagem.Por diferentes que sejam os modelos conceptuais de enfermagem, todos têm emcomum quer ofacto de serem centrados na pessoa como sujeito dos cuidados numa perspectiva holística, emborasó tardiamente se tenha introduzido este conceito, quer na acção do enfermeiro, quer ainda narelação entre este e a pessoa.Os conceitos de pessoa, ambiente, saúde e enfermagem são conceitos chave em todos os modelos(conceitos meta-paradigmáticos ou metaparadigmas da enfermagem). É a partir daforma como osenfermeiros experimentam estes conceitos e da relação entre eles que se clarifica o campoespecífico da Enfermagem, ou seja a forma como a enfermagem encara os fenómenos.
1.1 - PARADIGMA DA CATEGORIZAÇÃO (sec. XVIII – XIX)
Perspectiva os fenómenos de modo isolado, não inseridos no seu contexto. Entende-os por issodotados de propriedades definidas e mensuráveis.Aplicado ao domínio dasaúde, este pensamento orienta-se na procura de um factor causal para asdoenças e da associação entre esse factor, uma determinada doença e um quadro sintomáticocaracterístico. Organiza cuidados de enfermagem centrados na doença, dirigidos para osproblemas, limitações ou incapacidades. O enfermeiro “faz por”, sem que as pessoas doentesparticipem no seu auto-cuidado.
1.2 – PARADIGMA DAINTEGRAÇÃO (decada de 50 – sec. XX)
Tem origem nos Estado Unidos da América, nos anos 50, após a segunda guerra mundial. Surge danecessidade de dar resposta às carências resultantes da guerra. Contextualiza-se nos grandesdesenvolvimentos tecnológicos das ciências sociais e humanas e de novos saberes focados noindivíduo; para isso contribuíram estudiosos e cientistas com novas teorias, Maslow com a teoriadamotivação, Rogers com a terapia centrada no indivíduo e Adler com a psicologia social.Dá continuidade ao anterior mas perspectiva os fenómenos como multidimensionais e osacontecimentos como contextuais. Integra as manifestações de um fenómeno no contextoespecífico em que o mesmo se situa. Analisa e valoriza os dados quer objectivos quer subjectivos econsidera as mudanças como probabilísticas.Caracteriza-se pela orientação para a pessoa einfluenciou por isso a orientação da enfermagem para a pessoa - todo formado por partes em inter-relação - “PESSOA” – Ser bio-psico-sócio-culturo-espiritual. Sendo que os cuidados de enfermagempassam a ser entendidos como o “agir com” a pessoa, com o objectivo de responder às suasnecessidades. Saúde e doença passaram a ser perspectivadas como entidadesdistintas quecoexistem e que estão em interacção dinâmica.A gestão dos cuidados é feita através de equipas de enfermagem e é neste período que aenfermagem começa a desenvolver-se como ciência e com um corpo teórico específico.Surgem os modelos conceptuais de enfermagem com a intenção de objectivar a prática doscuidados de enfermagem e orientar a formação e investigação. Neste paradigma...
tracking img