Teoria de enfermagem

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1408 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE ESTÁCIO DO CEARÁ

TEORIAS DE
ENFERMAGEM
1


Hickman (2000) de forma simplificada cita que “uma teoria sugere uma
direção de como ver fatos ou eventos”;


Historicamente, a prática de Enfermagem subordinada à medicina e
focada no desenvolvimento de tarefas, foi substituída com o advento do
desenvolvimento das teorias de enfermagem;


Florence Nightingale foi um marcona enfermagem moderna e foi
considerada a primeira teórica de enfermagem ao delinear o que
considerava a meta de enfermagem e o domínio da prática (McEWEN,
2009);


2

Nightingale descreve o papel da enfermeira como a pessoa capaz de
colocar o paciente na melhor situação possível para a natureza agir,
facilitando assim as leis da natureza, bem como que a enfermeira é
capaz de facilitaresse processo, alterando o ambiente interno e
externo, para melhor satisfazer as necessidades do corpo, mente e
espírito do paciente (KING; GATES, 2007);


As teorias devem direcionar as ações dos enfermeiros, de modo a
que se possa responsabilizá-los pelos cuidados a serem prestados aos
pacientes, não mais executados de maneira empírica;


3

As teorias de enfermagem permitem aoenfermeiro organizar a prática
de enfermagem e compreender o resultado obtido, pois possibilitam
analisar de maneira crítica as situações dos pacientes, tomar decisões
clínicas, planejar os cuidados e propor adequadas intervenções de
enfermagem, definir os resultados esperados e avaliar a sua eficácia
junto aos clientes (TOMEY; ALIGOOD, 2007);


Segundo Almeida et al (2005), “sem aexistência concreta de uma
relação entre teoria e prática, as teorias tendem a transformar-se em
mera abstração intelectual”. As teorias de enfermagem direcionam a
prática, por meio de valores e referenciais propostos considerando-se
situações reais (FOSCHIERA; VIEIRA, 2006);


4

Teoria:
A palavra original vem do grego theoria que significa “visão”.
Com base nessa natureza sensorial, odesenvolvimento de
teorias deve ser encarado como racional e intelectual,
conduzindo à descoberta da verdade.

5

Teorias de Enfermagem:
Reúnem conceitos e proposições relacionados à enfermagem e
atrelados a uma visão de mundo.
Proporcionam o referencial teórico que norteia a implantação do
Processo de Enfermagem, sob uma perspectiva de assistência
sistematizada;
Enriquecem a teoria e odesenvolvimento da prática, refletindo
satisfação na prática assistencial da enfermagem.
6

Definição:
A Teoria é a geração do conhecimento de
enfermagem para uso na sua prática.

Teoria de
Enfermagem

FENÔMENO

CUIDADO DE ENFERMAGEM

7

COMPONENTES DE UMA TEORIA
Uma Teoria envolve vários componentes. Dentre eles:
finalidade, conceitos, declarações teóricas ou proposições e ospressupostos (McEWEN, 2009);
Finalidade é encontrada em sua estrutura e de forma explícita.
Explica o motivo pelo qual ela foi proposta, o contexto e as
situações para sua aplicação;
Conceitos transmitem o significado de uma realidade e são
usados para representar experiências. Referem-se à descrição
e à classificação dos fenômenos que ocorrem na natureza, ou
8
no pensamento.

Sãoconsiderados fenômenos dominantes na ciência da
Enfermagem: o indivíduo, a saúde, o ambiente e a enfermagem.
Esses conceitos compreendem o metaparadigma da
enfermagem;
O metaparadigma da enfermagem ilustra qual é o público
receptor dos cuidados de enfermagem, qual a finalidade da
assistência de enfermagem (saúde), em qual ambiente essa
assistência é prestada e como ela deve ser executada (papeldo
enfermeiro);
A inter-relação de conceitos produz declarações teóricas ou
proposições que descrevem o mundo real.
9

Os pressupostos são crenças sobre um fenômeno que
devem ser aceitas como verdadeiras para sustentar a teoria e,
embora não possam ser empiricamente testáveis, podem ser
argumentadas filosoficamente.

10

Estrutura Básica:Teoria de Enfermagem

Saúde

Pessoa...
tracking img