Teoria e processos grupais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (705 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Unidade IV - Teoria e Processos Grupais
O que é o cone invertido de Pichòn-Rivière?

         O cone invertido é um dispositivo interpretativo dos processos interacionais no grupo ao operar umatarefa. A figura do cone sugere, em seu cerne, a tarefa. Os anéis, em forma de espiral, representam o processo dialético de resolução das dificuldades que emergem na vivência grupal. Levando-se em contaque a uma tarefa explícita subjaz outra implícita, como aprendizado da realidade. Deste modo, o cone é a metáfora do inconsciente no grupo operativo de Pichon-Rivière.
       Esta inovação trazidapor Pichòn à análise de grupos desloca a transferência amorosa dos integrantes do grupo para a Tarefa. Neste encontro entre desejo e produção, amplia-se o conceito de tarefa, delineando a existência deum inconsciente produtivo, conforme contribuição de Deleuze e Guattari, para sua compreensão teórica. Daí, entende-se que a acumulação de informações (esquemas referenciais internos) dos integrantesdo grupo, num processo dialético (ou movimento espiral) transforma quantidade em qualidade, promovendo um salto qualitativo na produção grupal.
          O grupo operativo pretende resolver asdificuldades no campo grupal e o indivíduo que enuncia um acontecimento o faz na condição de porta-voz de si mesmo e da fantasias inconscientes do grupo, isto é, dá-se nesse momento uma articulação entresua fantasia inconsciente e o acontecer grupal.
        No porta-voz ocorre uma interação entre sua verticalidade e a horizontalidade do grupo, o que o faz funcionar como um emergente qualificado paradenunciar qual é a ansiedade que predomina naquele momento e faz com que o grupo não realize a tarefa. A identificação do emergente é o gatilho para uma possível interpretação da experiência grupalatravés de uma escala de avaliação básica dos modelos de conduta dentro grupo.
        A operação no interior do grupo gera modelos de conduta chamados por Pichòn de vetores (orig. Mat.: grandezas...
tracking img