Teoria quantitativa da moeda

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3853 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Exemplos e Exercícios

A Teoria Quantitativa da Moeda
A importância central da moeda como um meio de troca é formalizada pela equação de troca, M.V = PY, em que M é o estoque de moeda, V é a velocidade da moeda (o número de vezes em que uma unidade monetária é usada durante o ano para a compra de bens finais e serviços) e PY (ou PNB nominal) é o valor nominal do produto final de bens eserviços em um dado ano.

Exemplo:
Suponhamos que o estoque de moeda seja $312 e que o produto final consista nos seguintes componentes: consumo, $1.080; investimento, $240; dispêndio do Governo $366; e exportações (líquidas) $7. O produto nominal (PY) seria igual a $ 1.693, como segue:

PY = PNB = C + I + G + X = $ 1.080 + $ 240 + $ 366 + $ 7 = $ 1.693

A velocidade da moeda seria 5,43, já que:V = PY/M = $ 1.693 / $ 312 = 5,426

E a equação de troca apareceria como: M.V = P.Y $ 312 (5,426) = $ 1.693

Dessa forma, uma oferta de moeda de $312 circulou, em média, 5,426 vezes na distribuição de um produto de $1.693 de bens finais e serviços.

O valor nominal do produto (PY ou PNB nominal) pode ser expresso como P.Q, onde P é uma média ponderada dos preços do produto final eQ é a quantidade de produto final.

Os teóricos quantitativos usam a equação de troca para explicar os movimentos de preço no decorrer do tempo. Na apresentação rígida da teoria quantitativa, supõe-se que V e Q sejam constantes, por conseguinte, aumentos na oferta de moeda ocasionam aumentos proporcionais no nível de preços.

Exemplo
Suponhamos que a oferta de moeda seja $ 400 e o produtoconsista em 800 unidades, a um preço médio de $ 1,50 por unidade.

P.Q seria igual a $ 1.200 ($ 1,50 x 800);
V seria igual a 3 [V = (P.Q)/M];
A equação de troca apareceria como: M.V = P.Q $400 x 3 = $ 1,50 x 800
$ 1.200 = $ 1.200

Se V é constante, se a economiaestá em pleno emprego e se Q não varia, então, no caso de dobrar-se a oferta de moeda de $ 400 para $ 800, o preço médio dobraria de $ 1,50 para $ 3.

A versão flexível da teoria quantitativa reconhece a possibilidade de variações em V e Q no decorrer do tempo. Em uma economia em crescimento, Q aumenta com o tempo. A velocidade, que depende de alterações nos padrões de pagamento, também tem apossibilidade de se modificar no longo prazo. Assumindo que as mudanças na velocidade são previsíveis, os teóricos quantitativistas sustentam que o crescimento no PNB nominal está intimamente associado a aumentos no estoque de moeda. Já que o PNB nominal é igual a P.Q, os referidos teóricos sugerem que um nível de preços relativamente estável pode ser conseguido se os aumentos na oferta de moedaestiverem intimamente vinculados ao crescimento da capacidade da economia em expandir a produção. Assim, a versão flexível da teoria quantitativa sugere que a moeda é um importante determinante das variações no dispêndio e no nível de preços, no decorrer do tempo.

Exemplo
Suponhamos que a oferta de moeda corrente seja $ 400, que V seja igual a 4 e que o PNB nominal (PY) seja $ 1.600. Um teóricoquantitativista prediria que o PNB nominal deveria aumentar para $ 2.016 dentro de um prazo de cinco anos, se a oferta de moeda crescesse 20% durante o período e se fosse esperado que V aumentasse para 4,2, ao final do período.

PNB = PY = (M + M) . V = ($ 400 + $ 80) . 4,2 = $ 2.016

Exercícios Propostos
1. Na equação de troca, o PNB nominal é igual a:
(a) $ 4.000, se M é $ 100 e o usomédio da moeda é 4;
(b) $ 1.000, se M é $ 100 e o uso médio da moeda é 5;
(c) $ 500, se M é $ 100 e o uso médio da moeda é 5;
(d) $ 400, se M é $ 100 e o uso médio da moeda é 2.

2. Marque as afirmações corretas: Na versão rígida da teoria quantitativa da moeda, em que V e Q são constantes e a economia está em pleno emprego:
(a) alterações no PNB nominal são proporcionais a...
tracking img