Teoria da contingencia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1070 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Teoria dos Sistemas:
Origens.
Conceito.
Características.

Teoria dos Sistemas:
Origens.
Conceito.
Características.

→ Teoria Geral da Administração

* ORIGENS DA TEORIA DOS SISTEMAS EM ADMINISTRAÇÃO.

A Teoria dos Sistemas foi introduzida na Administração, a partir da
Década de 1960, tornando-se parte integrante da ciência administrativa. “Surgiu com os trabalhos do biólogoalemão Ludwig Von Bertalanffy, após análise em que fez verificação de que existia uma tendência para a integração das ciências naturais e sociais”
A Teoria dos Sistemas baseia-se nas premissas de que os sistemas são Compostos de subsistemas (moléculas – célula – órgão), que os sistemas. São abertos (meio ambiente constituído de sistemas) e que as funções de Um sistema dependem de sua estrutura.
Anecessidade de síntese e integração das teorias anteriores, que
Possuíam poucas variáveis da situação como um todo. As fragilidades das outras teorias que tinham uma abordagem mínima, causando pouca importância para a Administração, e os resultados bem sucedidos da aplicação da Teoria de Sistemas nas outras ciências, foram alguns dos fatores que colaboraram para a introdução dessa teoria naCiência Administrativa.

* CONCEITO DAS ORGANIZAÇÕES NA TEORIA DOS
SISTEMAS EM ADMINISTRAÇÃO.

Na abordagem administrativa da Teoria sistêmica, as organizações
atuam como um sistema, em que o estudo do geral se sobrepuja ao
particular, privilegiando uma visão mais abrangente e permitindo uma análise, ao mesmo tempo profunda e mais ampla das organizações. Nessa teoria, “as organizações sãoabordadas como sistemas abertos, com interação e independência entre as partes e com o ambiente que o envolve, tendo várias entradas e saídas para garantir o intercâmbio com o meio” Por conceituação, os sistemas são conjuntos de partes ou elementos, interdependentes, que formam um todo complexo, unitário e organizado, no sentido de alcançar um objetivo, anteriormente proposto. “O conceito de sistemaspassou a dominar as ciências, e principalmente, a Administração”.

* CARACTERÍSTICAS BÁSICAS DA TEORIA DOS SISTEMAS.

Segundo Chiavenato (2003), as características das organizações como sistemas abertos são:
Comportamento probabilístico e não determinístico: significa que as organizações são afetadas por variáveis externas, desconhecidas e imprevisíveis no seu comportamento.
A organizaçãocomo parte de uma sociedade maior,
constituídas de partes menores: são vistas como sistemas
dentro de sistemas.
Interdependência das partes: sistema social cujas partes são
interdependentes, mas inter-relacionadas.
Homeostase: a organização alcança um “estado firme” ou
Equilíbrio quando satisfaz dois requisitos: a unidirecional idade e o
progresso.
Fronteiras ou limites: os sistemassociais (organizações) têm
fronteiras que não existem fisicamente. Um mesmo indivíduo pode
pertencer a duas organizações.
Morfogênese: o sistema organizacional tem a capacidade de
modificar a si próprio e à sua estrutura básica.
Resiliência: é a capacidade de superar o distúrbio imposto por
um fenômeno externo.

* PARÂMETROS DOS SISTEMAS

Parâmetros são elementos variáveis que por possuíremdeterminadas propriedades caracterizam o valor e a dimensão de um sistema, para demonstrar a totalidade que o mesmo possui.

Elementos do Sistema:

ENTRADA
(INPUT)
ENTRADA
(INPUT)
SAÍDA
(OUTPUT)
SAÍDA
(OUTPUT)
OPERAÇÃO
Ou
PROCESSAMENTO
OPERAÇÃO
Ou
PROCESSAMENTO





RETROAÇÃO

Entrada ouinsumos (input) – é a força de partida do sistema
que fornece material ou informação para a sua operação. São
constituídas por recursos humanos, financeiros e materiais.
Processamento ou operação (throughput) – é a conversão das
entradas em saídas e representa a etapa de transformação dos
recursos em produtos.
Saídas ou resultados (output) – é a consequência da reunião
dos elementos e...
tracking img