Teoria da contabilidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3702 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de março de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE MACHADO SOBRINHO

Antônio
Douglas
Leandro
Paulo
Willimar

TEORIA DA CONTABILIDADE

Conhecimento contábil na atualidade
Objeto científico do conhecimento contábil
Teorias das funções sistemáticas do patrimônio aziendal

JUIZ DE FORA
2009

FACULDADE MACHADO SOBRINHO

Antônio
Douglas
Leandro
Paulo
Willimar

TEORIA DA CONTABILIDADE

Conhecimento contábil naatualidade
Objeto científico do conhecimento contábil
Teorias das funções sistemáticas do patrimônio aziendal

Dissertação de Graduação apresentada à Disciplina Teoria da Contabilidade 2º Período da Faculdade Machado Sobrinho. Curso de Ciências Contábeis. Orientador Acadêmico: Professor Julio Candido de Meirelles Junior

JUIZ DE FORA
2009


Conhecimento contábil na atualidadeDiversos autores já tiveram essa incumbência de trazer ao leitor a definição do que de fato Contabilidade. Várias definições surgiram com o passar dos anos e com o decorrer dos avanços científicos contábeis, diversos autores tentaram alcançar com destreza esta definição.
Almejando apresentar do que se trata a Contabilidade, qual seu objeto de estudo e conceitos. Como vários foramdemonstrados ao longo dos anos erroneamente apareceram grandes divergências de pensamentos sobre o tema Contabilidade.
Alguns destes autores apresentaram a Contabilidade com uma visão empírica,levando em consideração somente a tecnologia e a escrituração contábil, mas outros pensadores nos trouxeram belas contribuições levando a Contabilidade como nível de Ciência, enquanto outro nobresmesclaram entre as formas já transcritas acima.
Envolveram o tema Contabilidade, às vezes com subordinação, confusão, com os conceitos de informação, controle, relações de direito, economia, administração, entre outros. Com todas estas informações trazidas pelos vários pensadores trouxe certa discordância na literatura contábil mundial.
Já no Brasil em outras partes do mundo, otema situou-se em duas posições básicas: científica e a empírico-pragmatica e dentro dessas um emaranhado de concepções diversas.
A Contabilidade pode ser apreciada da seguinte forma:
“Contabilidade é a ciência que estuda os fenômenos patrimoniais, preocupando-se co realidades, evidências e comportamentos dos mesmos, em relação à eficácia funcional das células sócias.”
Deforma científica o estudo contábil visa conhecer as relações que existem entre os fenômenos patrimoniais observados, analisar para produzir as devidas explicações sobre os acontecimentos havidos com a riqueza, visa também buscar verdades em quaisquer épocas, em qualquer empresa ou instituições.
Tecnologicamente falando a Contabilidade preocupa-se com os registros, demonstrações, revisões,apurações de resultados, custos etc., mensurar informações para evidenciações do aspecto patrimonial. A tecnologia, no entanto não é o essencial, foco principal nos leva a ciência.
Todavia o profissional contábil no decorrer de sua função aplica conhecimentos da ciência, da tecnologia e ainda apela para disciplinas correlatas. Ou seja está havendo uma mescla da prática com o conhecimento;e a tecnologia no campo de trabalho. Fato de grande importância é a confusão que se faz entre o exercício da profissão com a doutrina, com o corpo de verdades que forma a ciência contábil.
A partir do principio que as ciências em geral se valem de informações, é falho concluirmos que a Contabilidade é a ciência da informação estaríamos ferindo os campos da verdade. Semelhante a tal comofogem da realidade também os que a delimitam como meros fatos administrativos.
Diversos são os fenômenos que atingem o patrimônio e que são provenientes de fonte administrativa, ou ainda, que estão fora do controle dos que governam uma empresa ou uma instituição. Também se vale de falha que a Contabilidade trata de fenômenos econômicos, pois nítida é a diferença entre o estudo da...
tracking img