Teoria da contabilidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 32 (7819 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE ANHANGUERA PORTO SEGURO

DANIELLI SILVA - 367608
JONATA FERREIRA - 376622
SÔNIA MARIA CARVALHO SOUZA - 396341
SUZE DARLY PINHEIRO - 371933









TEORIA DA CONTABILIDADE
















PORTO SEGURO
2012
UNIVERSIDADE ANHANGUERA PORTO SEGURO

DANIELLI SILVA - 367608
JONATA FERREIRA - 376622
SÔNIA MARIA CARVALHO SOUZA - 396341
SUZE DARLYPINHEIRO - 371933









TEORIA DA CONTABILIDADE






Trabalho apresentado de teoria da administração, apresentado à Faculdade de ciencias contábeis da anhanguera Educacional para obtenção de nota parcial da disciplina sob orientação do professora Ma. Juliana Leite Kirchner.











PORTO SEGURO
2012

Conteúdo

1. INTRODUÇÃO 3
2.HISTÓRIA DA CONTABILIDADE 4
3. OBJETIVO DA CONTABILIDADE 7
3.1 principais usuários e suas necessidades 8

3.2 Características Qualitativas das demonstrações contábeis 8

4.USUÁRIOS DA CONTABILIDADE 10
4.2 Praticas adotadas 11

5. RESUMO DOS PRINCIPIOS FUNDAMENTAIS DA CONTABILIDADE 13
6. CONFRONTO DOS PRINCÍPIOS E POSTULADO DA CONTABILIDADE 14
6.2 Os Principais principioscontábeis 14

7. REGISTRO DE GANHO 16
8. RECEITAS, DESPESAS, PERDAS E GANHOS 18
9. ATIVO 20
9.2 Formas de Avaliação do Ativo 20

9. 3 Classificações do Goodwill 21

9.4 Ativo Intelectual Capital Humano 22

9.5 Patrimônio Liquido 24

10. CONSIDERAÇÕES FINAIS 26
11. REFERENCIAS BIBLIOGRAFICAS 27


































1. INTRODUÇÃOO objetivo deste estudo, portanto, são sobre a contabilidade, desde o seu surgimento no Brasil até as últimas alterações, com relação às normas internacionais, enfatizando os impactos da alteração das Leis 6.404/762, 11.638/073 e 11.941/094.
A Contabilidade propõe-se a prover os usuários com informações úteis. Para tal, se utiliza do processo de identificar, mensurar, registrar e informar asmutações que ocorrem no patrimônio das empresas, de forma a permitir julgamentos fundamentados e decisões respaldadas.
Pode-se comparar a mensuração como uma "lente", através da qual o gestor vê a realidade organizacional. Como qualquer "lente", a mensuração pode aumentar, reduzir ou distorcer a imagem que o gestor tem da realidade. Assim, o problema central é estabelecer a "lente" que melhorauxilie o gestor no atendimento dos objetivos da organização. Ao se falar em mensuração lembra-se exatamente o que se pretende representar. Mensurar, em Contabilidade, é traduzir monetariamente o valor econômico dos objetos e eventos.
O fato de que, os valores medidos na Contabilidade serem muito mais de características sociais do que fiscais, não deve levar a considerá-los menos representativos doque os calculados em outras áreas do conhecimento, pois apesar de certa subjetividade na medição de determinados valores, esta subjetividade pode ser muito bem definida e controlada. De certo modo, fundamenta mais a assertiva de que é melhor uma estimativa razoável do que o erro absoluto.
Para conhecer melhor o desafio que representa mensurar o Ativo de uma empresa, são apresentados, nesteartigo, várias formas de proceder tal ação.


2. HISTÓRIA DA CONTABILIDADE

História da contabilidade é tão antiga quanto a própria história da civilização. Está ligada às primeiras manifestações humanas da necessidade social de proteção à posse e de perpetuação e interpretação dos fatos ocorridos com o objeto material de que o homem sempre dispôs para alcançar os fins propostos.
Deixando acaça, o homem voltou-se à organização da agricultura e do pastoreio. A organização econômica acerca do direito do uso do solo acarretou em separatividade, rompendo a vida comunitária, surgindo divisões e o senso de propriedade. Assim, cada pessoa criava sua riqueza individual.
Ao morrer, o legado deixado por esta pessoa não era dissolvido, mas passado como herança aos filhos ou parentes. A...
tracking img