Teoria classica e neo classica resumo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3309 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
1 Introdução

Este trabalho busca expor de forma clara e objetiva o inicio do estudo do trabalho de pontos distintos com a preocupação de aumentar a eficiência na empresa. Seus postulados dominaram aproximadamente as quatro primeiras décadas do século XX no panorama administrativo das organizações. A origem da Abordagem Clássica da Administração está nas consequências geradas pela revoluçãoindustrial, basicamente no crescimento acelerado e desorganizado das empresas, exigindo um a substituição do empirismo e da improvisação, e a necessidade de aumentar a eficiência e competência das organizações no sentido de obter melhor rendimento possível dos seus recursos e fazer face à concorrência e competição que se avolumavam entre as empresas.
A Teoria Clássica e Neoclássica da Administraçãorepresenta, hoje, a conquista de uma longa história, no campo do conhecimento das pessoas que despontou no início do século XX, no quadro da 2ª Revolução Industrial. Com a 2ª Revolução Industrial, principalmente com o surgimento da energia elétrica e o uso dos combustíveis de petróleo, há um novo surto de progresso, acompanhado da expansão do capitalismo financeiro, que viria permitir a criação eo funcionamento de grandes organizações empresariais.








2 Abordagem Clássica da Administração
2.1 Administração Científica

O engenheiro Frederick Winslow Taylor (1856-1915), é o fundador da Administração Científica nasceu em Filadélfia, nos Estados Unidos.
Ênfase: Chão de Fabrica – Tarefas
Enfoque : Produção
Seu trabalho se deu no chão de fábrica junto ao operariado,voltado para a sua tarefa. Preocupou-se exclusivamente com as técnicas de racionalização do trabalho do operário através do estudo dos tempos e movimentos (Motion-time Study). Taylor começou por baixo, efetuando um paciente trabalho de análise das tarefas de cada operário, decompondo seus movimentos e processos de trabalho, aperfeiçoando-os e racionalizando-os gradativamente.
Taylor verificou que umoperário médio produzia menos do que era potencialmente capaz com o equipamento disponível. Conclui-se que o operário não produzia mais, pois seu colega também não produz ia. Daí surgiu a necessidade de criar condições de pagar mais ao operário que produz mais.
Taylor escreve um livro: Shop Management, cuja essência é:
• O Objetivo de uma boa administração é pagar saláriosaltos e ter baixos custos unitários de produção.
• Para realizar esse objetivo, a Administração deve aplicar métodos científicos de pesquisas e experimentação, a fim de formular princípios e estabelecer processos padronizados que permitam o controle de operações fabris.
• Os empregados devem ser cientificamente colocados em serviços ou postos em que os materiais e ascondições de trabalho sejam cientificam ente selecionados, para que as normas possam ser cumpridas.
• Os empregados devem ser cientificamente adestrados para aperfeiçoar suas aptidões e, portanto executar um serviço ou tarefa de modo que a produção normal seja cumprida.
• Uma atmosfera de cooperação deve ser cultivada entre a Administração e os trabalhadores, paragarantir a continuidade desse ambiente psicológico que possibilite a aplicação dos princípios mencionados.

Numa Segunda fase do trabalho de Taylor ele concluiu que a racionalização do trabalho do operário deveria ser acompanhada de uma estruturação geral da empresa. Esta empresa padecia de três tipos de problemas:
1- Vadiagem sistemática por parte dos operários, que vem da épocaimemorial e quase universalmente disseminada entre os trabalhadores. O sistema defeituoso de administração. Os métodos empíricos ineficientes utilizados nas empresas.
2- Desconhecimento, pela gerência, das rotinas de trabalho e do tempo necessário para sua realização.
3- Falta de uniformidade das técnicas ou métodos de trabalho.
Para sanar esses três problemas,...
tracking img