Tempos modernos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1236 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Como entrar nos Estados Unidos se você é nascido num país latino-americano? De que forma atingir o sonho de cruzar as fronteiras que separam a vida pobre e sem perspectivas das atrasadas nações da América do Sul e a prosperidade e riqueza do modo de vida americano? Quantas pessoas não pensam cotidianamente em deixar para trás as desilusões de suas vidas simples para se fixar em definitivo nasterras do Tio Sam?
E do que seriam capazes pessoas que alimentam desejos como esse? É pouco provável que você desconheça histórias de imigrantes ilegais que tentaram cruzar as linhas divisórias que separam o México e os Estados Unidos e acabaram presos em cadeias americanas ou deportados para seus países de origem.
Há também relatos de indivíduos que tentaram atingir a costa da Flórida a partir desuas pátrias caribenhas em pequenas e improvisadas embarcações, principalmente provenientes da ilha de Cuba e da ditadura socialista de Fidel Castro.
Outra forma comum de conseguir alçar vôo e chegar aos aeroportos das grandes cidades norte-americanas é a partir da associação feita entre jovens sem perspectivas em seus países e traficantes de drogas.
Nessa “parceria” os “chicos” e “chicas” depaíses como a Colômbia, a Venezuela, o Equador ou qualquer outra pátria cucaracha oferecem seus corpos como invólucro onde serão depositadas algumas dezenas de embalagens contendo cocaína ou outros tóxicos em troca de passagens e algum dinheiro para ingressarem nos States...

Esses jovens são conhecidos internacionalmente como “mulas”. Arriscam-se a serem capturados e aprisionados para ganhardinheiro fácil ou então um “visto” de entrada ilegal emitido pelos traficantes rumo a cidades como Nova Iorque, Los Angeles, San Francisco ou Chicago.
Transformam seus corpos em perigosas bombas-relógio já que os pacotinhos que contém as drogas podem estourar a qualquer momento. Não são incomuns os casos em que isso aconteceu e que as pessoas acabaram morrendo muito rapidamente.
Os traficantes, porsua vez, perpetuam esse ciclo alternando apenas as pessoas que realizam esse intrincado intercâmbio internacional de mercadorias ilícitas. Para evitar maiores suspeitas trocam também os aeroportos de onde embarcam as “mulas”, modificam os locais de entrada (trocando as cidades para onde se destinam as drogas) e, em alguns casos, trocam os jovens rostos usualmente utilizados por pessoas maisvelhas.
Dessa forma sacrificam não apenas seus cúmplices no tráfico internacional de entorpecentes, mas também mantém mercados cativos de escravos do vício abastecidos e promovem a deterioração da qualidade de vida dessas pessoas e de suas famílias. O tráfico de drogas não apenas trucida os viciados, as conseqüências e seqüelas se estendem aos seus familiares e a toda a sociedade.
Maria Cheia deGraça é mais um ótimo filme produzido pela recente safra de cineastas latino-americanos. Através dessa produção nos é apresentada a saga de Maria, uma jovem colombiana que se torna “mula” ao ser iludida pelos ganhos rápidos e “fáceis” que poderia obter ao levar cocaína para os Estados Unidos.
O contraponto as fraquezas e ao fracasso de Maria e de tantos jovens que se unem ao tráfico é justamente osucesso e o vigor que vemos no novo cinema latino-americano. O que se espera é que num futuro muito próximo possamos atestar a vitória da criatividade, da inteligência e do trabalho honesto nos países latinos sobre a contravenção, a dor e os dólares ilícitos obtidos pelos traficantes e suas pobres mulas...
O Filme

Maria (Catalina Sandino Moreno) é uma jovem funcionária de uma firma que produz,embala e vende flores em seu país. A firma em que trabalha é um negócio pequeno, numa cidade interiorana de pouca expressão, onde a principal atividade econômica é justamente a produção de flores. Suas perspectivas quanto ao futuro são pouco promissoras...
Para piorar ainda mais sua situação, Maria fica grávida e em seguida briga com seu chefe, sendo despedida. Seu namorado não aceita a gravidez...
tracking img