tecidos vegetais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (973 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de outubro de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
Tecidos vegetais
A organização do corpo dos vegetais é bem diferente da organização do corpo dos animais. A maior parte dessas diferenças deve ser interpretada como adaptações ao modo autotróficode vida que caracteriza os vegetais, em posição ao modo heterotrófico dos animais.
Os tecidos vegetais podem ser divididos em tecidos de formação (tecidos meristemáticos ou meristemas) e tecidosadultos (permanentes ou diferenciados).
Meristemas:
O meristema é um sistema embrionário,com células não diferenciadas,que conserva as características embrionárias,com intensa divisãocelular,colaborando para o crescimento da planta.
O meristema pode ser dividir em primário ou epical e secundário ou lateral .
Meristema primário: Este meristema tem como função promover o crescimento da planta, ouseja, altura, As dicotiledôneas e as gimnospermas inician seu desenvolvimento graças a atividade do meristema primário.
Este meristema primário se divide em:
Protoderme: origina a epiderme tecidoprotetor que reveste o vegetal.
Procâmbio:diferencia-se nos tecidos condutores se seiva,localiza-se no interior da raiz e do caule.
Meristema fundamental:produz os demais tecidos da planta,responsáveis pela sustentação,pela fotossíntese,pelo armazenamentode substancias.

Meristema secundário:Tem como função o crescimento lateral e espessura.
Divide-se em:
Felogênio: localizado na parte maisexterna do caule e da raiz,forma células de preenchimento e de reserva.
Câmbio: localizado mais inteiramente no caule e na raiz produz novos vasos condutores de seiva a medida que o vegetal aumenta deespessura.

tecidos de revestimento e proteção
Esse revestimento dos vegetais fornece proteção mecânica e evitam desidratação,a dois tipos de tecidos protetores,são eles:
Epiderme: é um tecido vivooriginado do dermatogênio, constituído por uma única camada de células vivas e firmemente unidas, conferindo à planta, uma grande proteção mecânica. As células epidérmicas são transparentes e não...