Tb de fisia ii

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (284 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
AULA INSTRUMENTAL 2

MOVIMENTO DE ROTAÇÃO.















ALUNO: JOHN MADEIRA SOARES

MATRÍCULA: 1211079/X

PROFESSOR: GERARDO MAJELA



INTRODUÇÃOMovimento combinado de translação e rotação de um corpo rígido.
Uma esfera rolando sob um plano inclinado pode ser entendida, em qualquer instante,
como se estivesse girando em tornode um eixo perpendicular que passa pelo ponto P, conforme
ilustra a Figura 1.
[pic]


A energia cinética total é expressa por:
K = 1/2Ip ω^2

Onde, ω é a velocidade angular e Ip é a inércia rotacional ou momento de inércia da esfera, em
Relação ao ponto P. Pelo teorema de eixos paralelos é fácil demonstrar que omomento de inércia
é igual a:
Ip = Icm + MR^2
E para uma esfera temos:
Icm = (2MR^2)/5
Assim a energia cinética, em qualquer instante será:
K = 1/2 mv^2 + 1/2 Icm ω^2
onde, oprimeiro termo representa a energia cinética de translação (Kcin) do Cm e o segundo termo
a energia cinética de rotação (Krot).
Então, uma esfera que rola por um plano inclinado,terá no ponto uma energia potencial igual à mgh. Pela conservação de energia mecânica podemos obter
a energia cinética rotacional, Krot, no ponto B, usando a seguinte equação:
Krot =mgh -Kcin
CONCLUSÃO

Aprendi que o movimento de rotação possui diversas propriedades que se
relacionam similarmente com as da translação. Aprendi na prática como se calcula
avelocidade e a aceleração angulares de um corpo. Pude visualizar o porquê pelo
qual uma massa maior possui um tempo de queda menor e assim, torna-se mais
rápida.FONTE DE PESQUISA






HALLIDAY, D. & RESNICK, E. Física I 1. 4 ed. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos
S.A., 1982.
tracking img