Talentos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2907 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Talento não se define, não se explica, testifica-se, detecta-se. Contudo, não podemos fugir dos ditames da teoria: talento é aptidão natural ou habilidade adquirida. Talento me sugere inteligência e cultura excepcionais.

talento

|1. |conjunto de aptidões, naturais ou adquiridas, que condicionam o êxito em determinada atividade |

|2. |nível superior de certascapacidades particularmente valorizadas |

|3. |grande inteligência; agudeza de espírito |

|4. |engenho; habilidade |

|5. |pessoa que sobressai pela aptidão excepcional para determinada atividade |

É fundamental para o sucesso de uma empresa atrair e reter talentos, porém enganam-se os que acreditam que mantertalentos tem a ver somente com altos salários. Como se diz no meio acadêmico, reter talentos é quase uma arte, pois envolve ações que vão muito além do pagamento do final do mês.
"A melhor forma de manter as estrelas da sua equipe é conhecê-las melhor do que elas mesmas" afirmam os psicólogos Timothy Butler e James Waldroop, diretores do Programa de Desenvolvimento de Carreira do MBA da HarvardBusiness School.

A solução para reter talentos consiste em transformar a organização inteira para criar um ambiente em que as pessoas queiram entrar e permanecer.

Abaixo listamos os fatores primordiais para a criação desse ambiente.

• Adequação ao cargo: A empresa deve contratar aquele profissional que além de possuir o perfil da vaga, possui também características que vão ao encontro dacultura e valores da empresa. Ao contratar o profissional certo, a empresa propiciará um conjunto de atividades, ambiente de trabalho e tarefas coerentes com as aptidões e as características básicas da personalidade desse profissional. Esse é o primeiro passo para o sucesso entre a parceria empresa x profissional.

• Reconhecimento material: Recompensas materiais como o dinheiro, porexemplo, proporcionam às pessoas tanto a capacidade básica de sobreviver, como de enriquecer. Talvez, o único motivador óbvio para se trabalhar seja o dinheiro, pois é uma das maiores compensações do profissional. Por outro lado, se o indivíduo não é apto a fazer as tarefas de sua função, os reforços materiais (inclusive o dinheiro) nunca serão inteiramente satisfatórios, por maiores que sejam.

•Reconhecimento social: Se alguém reconhece o nosso valor, esse valor deve ser real. Em qualquer ocupação, todos anseiam pelo reconhecimento de valor e pela contribuição dada, não há nada como "um tapinha" nas costas vindo de alguém respeitado, uma promoção, um reconhecimento público ou um prêmio por algo realizado. É bom fazer aquilo que se gosta e é melhor ainda se alguém percebe e somosrespeitados por isso.

• Perspectivas de crescimento: Além dos reforços de atividade que nos permitem fazer o que desejamos (ao menos, na maioria das vezes), dos reforços materiais (como dinheiro) que nos sustentam e dos reforços sociais que nos alimentam e nos fazem sentir melhor sobre nossa identidade, todos temos a necessidade – mesmo os pessimistas – de acreditar, desejar e esperar que o futuroseja melhor do que o presente e que podemos ter mais, mesmo se o que já temos é bom.



Não será uma combinação perfeita entre candidato e função se todos os reforços motivadores não estiverem funcionando juntos. Portanto, aqui está a boa notícia tanto para indivíduos talentosos que precisam de funções gratificantes quanto para as organizações com a necessidade contínua de reter talentos: acombinação realmente satisfatória entre candidato e função, para ambas as partes, é aquela em que indivíduos fazem o que são mais aptos para fazer, aquela em que há reconhecimento e status para as contribuições feitas e aquela em que há um investimento mútuo de reter, desenvolver e promover os talentos.


Desenvolvimento de Talentos

O sucesso de uma organização está ligado não apenas à...
tracking img