Surdez

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 34 (8426 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAIBA CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS DEPARTAMENTO DE ECONOMIA

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO PÚBLICA MUNICIPAL
MODALIDADE A DISTÂNCIA

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

INCLUSÃO DE ALUNOS SURDOS NA ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL JOÃO MOREIRA SOARES

Liliane Bezerra da Silva¹ Especialista em Gestão Pública Municipal - UFPB Orientadora LucimeiryBatista da Silva² Professora do Centro de Ciências Jurídicas e Sociais – UFCG, MSc Colaboradora do CGPM RESUMO Este artigo teve por objetivo investigar a inclusão dos alunos surdos na escola municipal de Ensino Fundamental João Moreira Soares. Inclusão investigada e interpretada à luz dos desafios colocados pela Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva. O artigocaracterizou-se por uma pesquisa de campo e teve como instrumento de pesquisa a entrevista estruturada realizada com professores da 1ª Fase do Ensino Fundamental, pais de alunos surdos, gestor escolar e secretário de educação. O método adotado é de cunho qualitativo e a análise dos dados foi realizada por meio de análise de discurso. Os resultados indicam que os entrevistados têm pouco conhecimentosobre questões inerentes à inclusão de alunos surdos na sala regular de ensino. De acordo com os relatos foi possível perceber a insegurança e o despreparo do professor e da escola de modo geral para atender as necessidades educacionais dos alunos com surdez na sala de aula comum. Diante do cenário encontrado e o idealizado para atender as peculiaridades educacionais do aluno surdo na classeregular da instituição analisada o estudo poderá contribuir para implementação e ampliação de ações e projetos educacionais visando à acessibilidade de alunos surdos na escola investigada. PALAVRAS-CHAVE: Educação Inclusiva, Surdo, Acessibilidade, Docência.

1 INTRODUÇÃO Os desafios colocados para a educação dos alunos surdos no ensino regular são diversos e tem sido objeto de discussões, assim comode esforços, de diversos atores sociais, governo e sociedade civil organizada. As discussões em torno do processo de inclusão dos deficientes nos sistemas de ensino é secular, mas só passou a ser amplamente disseminado após o encontro das nações na Espanha (1994) que conclamava os países a adotarem o princípio da educação inclusiva, que

2

significa matricular todas as crianças em escolasregulares, nesse contexto encontra-se os deficientes auditivos (KONZEN et al., 2000). A partir da Declaração de Salamanca (1994), que em consonância com os princípios norteadores de justiça social, humanização, tolerância de forma a enriquecer a convivência de grupos sociais e a cooperação internacional proclamados pela Declaração Mundial sobre Educação para Todos, (1990) o mundo voltou-se com maisveemência para as causas dos excluídos, entre eles os alunos com surdez (KONZEN, et al 2000). Pressupõe-se que os debates em nível de Brasil e de mundo que envolve questões de inclusão social e educacional requerem visibilidade sobre a própria condição dos marginalizados, não apenas das pessoas deficientes, mas também sobre elas. A Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva Inclusivapreconiza uma educação em que todos aos alunos devem aprender em condições de igualdade, sem sofrer nem um tipo de preconceito e discriminação. E que a aprendizagem por eles desenvolvidas sejam significativas para sua formação pessoal enquanto seres dotados de potencialidades e habilidades (MEC/SEESP, 2007). Neste ponto surge a questão: será possível, fazer inclusão totalizadora nos sistemas deensino de um país social e historicamente onde existem tantos segregados, como o Brasil? Ao se tratar da universalização do ensino, há que se levar em consideração os determinantes de um ensino de qualidade, nem sempre claros na lei; condições regionais, sociais, culturais e econômicas dos alunos, suas fragilidades e potencialidades, bem como as condições e fragilidades da instituição família e...
tracking img