Socrates

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2318 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ALUNOS: JOAO PEDRO, SANDRO, ADEMIR, YOHANA, NATHALIA, SOLIMARA

socrates

CONTEXTO HISTÓRICO
Sócrates nasceu em Atenas em 470-469 a.C. e, por não crer nos Deuses da cidade e por corromper os jovens, foi condenado à morte. Mas por trás de tal condenação existiam algumas manobras políticas.
Sócrates não fundou escolas como outros filósofos. Realizava seus ensinamentos em praças publicas.Sócrates nada escreveu, sua mensagem fora transmitida pela palavra viva, através do dialogo e da oralidade dialética. Assim, ficou a cargo dos seus discípulos a fixação de seus ensinamentos por meio da palavra escrita. É importante ressaltar, porém, que os diálogos de Sócrates foram escritos por uma serie de discípulos que demonstravam algumas diferenças ideológicas acerca dos dizeres de Sócrates.
Umdos principais porta-vozes de Sócrates foi Platão que escreveu os discursos socráticos apresentando um pouco da doutrina platônica em tais diálogos escritos. Ainda temos Xenofonte e Aristóteles, o primeiro descreve Sócrates com dimensões reduzidas, à beira da banalidade; enquanto que o segundo fala com mais objetividade a respeito das ideias socráticas. Por fim, houve os que fundaram escolassocráticas menores, estes deixaram poucos escritos, mas, de qualquer modo, contribuíram para com o estudo de Sócrates e de sua filosofia.
Porém, as várias fontes de estudo sobre Sócrates criaram um conceito a respeito da perspectiva que se tinha antes e depois do filósofo. Podemos observar o processo evolutivo no momento em que Sócrates atua em Atenas. Nesse período, registra-se uma serie de novidadesde porte bastante considerável que depois, no período helenístico, permaneceriam como aquisições inquestionáveis. É atribuída a Sócrates a influencia no elevado grau de probabilidade de doutrinas que a cultura greco-romana recebeu no momento em que ele atuava em Atenas.
 
A ESSÊNCIA DO HOMEM
Sócrates concentrou seu interesse em resolver a problemática do homem, desse modo, procurou responderàs questões sobre a natureza ou realidade última do homem, ou seja, ele preocupava-se em estudar a essência do homem. A resposta é inequívoca: o homem é a sua alma. Sócrates define a alma por meio do termo psyché que é a nossa razão, ou seja, a sede de nossa atividade pensante e eticamente operante. Nesse sentido, é a consciência operante, a consciência e a personalidade intelectual e moral. Ficaevidente em Sócrates que a essência do homem é a alma, de modo que cuidar de si mesmo significa cuidar da própria alma. Ensinar a cuidar da própria alma é tarefa do educador. Assim, Sócrates ensinava através de suas andanças que o mais importante não era o corpo ou a riqueza, mas sim a alma, que seria o bem mais precioso. O homem deveria agir de modo que ela se tornasse ótima e virtuosíssima.Consequentemente, para Sócrates, não é das riquezas que nasce a virtude, e sim das virtudes que nasce a riqueza – assim como todas as outras coisas que seriam consideradas boas para os homens, tanto individual como coletivamente.
O raciocínio fundamental de Sócrates, para provar sua tese, baseia-se no seguinte princípio: uma coisa é o instrumento que se usa e outra é o sujeito que usa o instrumento. Ohomem usa o próprio corpo como instrumento. Neste caso, o sujeito é o homem e o instrumento o próprio corpo. Assim, se o corpo é instrumento o que viria a ser o homem já que não pode ser o corpo? Segundo Sócrates, a resposta seria a psyché que é a alma, a inteligência. Nesse sentido, a alma ordena-nos a conhecer aquele que nos adverte “conhece a ti mesmo”. Partindo deste pressuposto, Sócratesamplia as discussões acerca de temas importantes que norteiam a vida moral do homem.
 
A VIRTUDE SOCRÁTICA
            Os gregos denominavam virtude por meio do termo areté que, de acordo com Reale e Antisere, (2003, p. 95) significava tudo “aquilo que torna uma coisa boa e perfeita naquilo que é”. Dentro disso, quando se eleva a questão da virtude para o campo do ser humano, há que se...
tracking img