Sociologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1310 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Síntese – Grupo 5 – 22/03/2012
SOCIOLOGIA NO BRASIL
A sociologia estuda o comportamento do ser humano em função do meio em que vive.
A sociologia só aparece na década de 30 com fundação da Universidade de São Paulo, embora o pensamento sociológico já existisse no Brasil desde final do século XIX.
Na América Latina, em particular no Brasil, o desenvolvimento do pensamento sociológico obedeceuàs condições de desenvolvimento do capitalismo e da inclusão do país na ordem mundial.
O processo de desenvolvimento que procura se destacar na formação cultural e intelectual no brasil.
As relações coloniais com a Europa e desenvolvimento dependente do capitalismo.
Desde a colonização teve um processo de implantação da Europa principalmente pela religião.

Cultura Colonial
Foipromovida pelas ordens religiosas, jesuítas que três séculos teve o monopólio sobre a educação, o pensamento culto e a produção artística. E a catequese centro transformistas.
A catequese e a evangelização foram um importante instrumento de colonização. A administração de um lado e a cultura de outro, implantou-se uma cultura erudita e religiosa.
A Cultura e as classes intermediárias noséculo XVIII
No século XVIII houve um surto de desenvolvimento comercial e de exportação, o que alterou a sociedade colonial. E que se dividiram em dois grandes grupos, um lado escravos nativos e de outros comerciantes, criadores de animais, fiscais, controladores de extração de minérios entre outros.
A Cultura da corte e o século XIV
Essa foi uma cultura filosófica e humanística. Buscavadescrever a colônia por meio de estudos naturalistas, tinha nome genérico historia natural.
Após 1870 o crescimento populacional é considerável, e a produção cafeeira se expande, são criadas as primeiras ferrovias.
Dentro disso teve uma criação literária e critica social, com obras de Aluísio Azevedo, Joaquim Nabuco, Rui Barbosa entre outros, desenvolve dai então a crítica literária.

Geraçãode 30
A sociologia, como atividade voltada para o conhecimento sistemático e metódico da sociedade, só aparece na década de 30 com a fundação da Universidade de São Paulo, embora o pensamento sociológico já existisse no Brasil dês do final do século XIV, desenvolvido por Euclides da Cunha em sua obra os Sertões e nas ideias abolicionistas e republicanas. Nessa época uma das preocupações em geraldos intelectuais era o interesse da descoberta do Brasil verdadeiro, contradizendo aquela visão etnocêntrica dos europeus. Buscavam também desenvolver e modernizar a estrutura social brasileira. Os intelectuais desse período ficaram conhecidos como geração 30

Fernando Azevedo
Nasceu em 02 de abril de 1894, em São Gonçalo do Sapucaí (MG). Desenvolveu a primeira e vasta pesquisa sobre asituação da educação em São Paulo.
Educador, ensaísta, e sociólogo, Fernando de Azevedo (1894-1974) foi o principal introdutor das concepções do sociólogo francês Emile Durkheim (1858-1917) no Brasil.
Entre 1927 e 1930, promoveu ampla reforma educacional no Rio de Janeiro, capital da República, animada pela proposta de extensão do ensino a todas as crianças em idade escolar; Fundou a bibliotecapedagógica brasileira e em 1932.
. Preocupado com o inicio da Revolução Institucionalista em São Paulo no ano de 1932, ele foi convidado a redigir e ser o primeiro signatário do manifesto dos pioneiros da Educação Nova. Dirigido à nação e ao governo Vargas.
Documento esse que colocou a educação como problema nacional de maior importância acima até dos problemas econômicos nos planos de reconstruçãodo país.
Em relação ao Estado o manifesto estabelecia a função essencialmente publica da educação:
1- A garantia de acesso à educação dos cidadãos de inferioridade econômica (classe media miserável)
2- Laicidade (direito de escolher sua religião e não ser impedido de estudar),
3- Gratuidade (todos ter acesso sem custo) e obrigatoriedade da educação;
4- A proibição de...
tracking img