Sociologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1024 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SOCIOLOGIA GERAL E JURÍDICA


EMILE DURKHEIM

1) Quais os objetivos da sociologia, segundo Durkheim?
Durkheim definiu como objetivo da sociologia o fato social, “[...] Todos os fenômenos que se dão no interior da sociedade, por menos que apresentem, com certa generalidade, algum interesse social”. (Durkheim – 1999, p.1). Logo, se considerarmos esses objetos como sendo fatossociais a sociologia perde o seu domínio próprio. Assim – “[...] Só há fato social quando existe uma organização definida”. (Durkheim - 1999, p.4), como regras jurídicas, dogmas religiosos e morais, etc.


2) Como são descritos os fatos sociais?
Fato social é, [...] Toda Maneira de fazer, fixado ou não, suscetível de exercer sobre o indivíduo uma coerção exterior; ou ainda toda maneirade fazer que é geral na extensão de uma sociedade dada e, ao mesmo tempo, possui uma existência própria, independente de suas manifestações individuais. (Durkheim – 1999, p.13).
São fatos sociais, por exemplo, os crimes, pois existem em toda e qualquer sociedade e têm como característica comum provocarem uma reação negativa, concreta e observável da sociedade contra quem os pratica a quepodemos chamar de “penalidade”.


3) Quais suas características?
Coercitividade - característica relacionada como poder, ou a força, com a qual os padrões culturais de uma sociedade se impõem aos indivíduos que a integram, obrigando esses indivíduos a cumpri-los.
Exterioridade – relaciona-se ao fato de esses padrões culturais serem exteriores ao individuo e independentes desua consciência.
Generalidade- os fatos sociais são coletivos, ou seja, eles não existem para um único individuo, mas para todo um grupo, ou sociedade.


4) Por que um fato social deve ser tratado como “coisa”?
Porque se os sociólogos envolveram seus sentimentos, suas paixões e opiniões em seu objeto de estudo, irá dificultar o conhecimento verdadeiro. Por isso pressupõe o nãoenvolvimento afetivo entre o cientista e seu objeto, para que se possa aprender a realidade dos fatos. Por este motivo, o trato social, é tratado como coisa.




5) Em termos da divisão social do trabalho, como Durkheim diferencia solidariedade mecânica e solidariedade orgânica?

Solidariedade mecânica

Característica da fase primitiva da organização social que se originadas semelhanças psíquicas e sociais (e, até mesmo, físicas) entre os membros individuais. Para a manutenção dessas igualdades, necessárias à sobrevivência do grupo, deve a coerção social, baseada na consciência coletiva, ser severa e repressiva. O progresso da divisão do trabalho faz com que a sociedade de solidariedade mecânica se transforme.


Solidariedade orgânica
À medidaque as sociedades se tornam mais complexas, a divisão do trabalho e as consequentes diferenças entre os indivíduos conduzem a uma crescente independência nas consciências. As sanções repressivas, que existem nas sociedades "primitivas", dão origem a um sistema legislativo que acentua os valores da igualdade, liberdade, fraternidade e justiça.
A divisão do trabalho, característica dassociedades mais desenvolvidas, gera um novo tipo de solidariedade, não mais baseado na semelhança entre os componentes (solidariedade mecânica), mas na complementação de partes diversificadas. O encontro de interesses complementares cria um laço social novo, ou seja, um outro tipo de princípio de solidariedade, com moral própria, e que dá origem a uma nova organização social - solidariedade orgânica.Sendo seu fundamento a diversidade, a solidariedade orgânica implica uma maior autonomia, com uma consciência individual muito mais livre.
Solidariedade mecânica Solidariedade orgânica
|Sociedade Simples |Sociedades industriais |
|Indivíduos semelhantes...
tracking img