Sistema paralelo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 45 (11012 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Lógica para Concorrência e Sincronização (LOCUS)
Projeto ProTeM-CC/CNPq (Fase III)
Processo Institucional No. 680067/95-7
Áreas: Teoria da Computação e Sistemas Distribuídos
Relatório Parcial.
Índice
1. Identificação
2. Conteúdo
2.1 Resumo do Projeto
2.2 Linhas de Pesquisa
3. Principais Resultados
3.1 Resultados Obtidos em Função dos Pretendidos
3.2 Conhecimentos Adquiridos
3.3Dificuldades Operacionais
3.4 Aplicabilidade
3.5 Efeito Multiplicador
3.6 Incorporação de Técnicas
3.7 Geração de Produtos e Processos
3.8 Formação de Recursos Humanos
3.9 Interação Inter e Intra-Institucional
4. Equipe Técnica
4.1 Melhoria e Nível de Qualificação
4.2 Teses e Dissertações Concluídas e em Andamento
4.3 Participação em Eventos Técnicos-Científicos
4.4 Geração de Publicações ePatentes
4.5 Situação dos Bolsistas
4.6 Consumo e Aplicação dos Recursos
5. Conclusões
1. Identificação
Título do Projeto: Lógica para Concorrência e Sincronização
Sigla: LOCUS
Processo Institucional No. 680067/95-7 (CNPq)
Início do Projeto: Dezembro de 1996
Término do Projeto: Dezembro de 1998
Relatório das Atividades no Período: Dezembro/1996 a Abril/1998.
InstituiçõesParticipantes:
• Departamento de Informática, Universidade Federal de Pernambuco (DI-UFPE)
• Departamento de Ciência da Computação, Univ. Federal de Alagoas (DCC-UFAL)
• Lab. de Sistemas Distribuídos, Universidade Federal da Bahia (LaSiD-UFBA)
• COPPE/Sistemas, Universidade Federal do Rio de Janeiro (COPPE-UFRJ)
Coordenador Geral:
Ruy José Guerra Barretto de Queiroz, DI-UFPE.
CoordenadoresLocais:
• DCC-UFAL: Adolfo Gustavo Serra Sêca Neto
• LaSiD-UFBA: Raimundo José de Araújo Macêdo
• COPPE-UFRJ: Mario Roberto Folhadela Benevides
2. Conteúdo
2.1 Resumo do Projeto
A necessidade da utilização de técnicas de especificação formal para sistemas distribuídos deve-se principalmente à complexidade inerente a esse tipo de sistema. A utilização de descrições informais podem levar adescrições imprecisas e inconsistentes. Em Sistemas Distribuídos: de Especificações LOTOS a Implementações (de Paulo Cunha e José Antônio M. de Queiroz, Escola de Computação 1994, Recife), os autores chamam a atenção para essa necessidade:
Diferentes interpretações de uma mesma especificação podem levar facilmente a implementações incompatíveis, uma conseqüência desastrosa, principalmente quandose trata de sistemas onde cada serviço é realizado de forma distribuída através de suas entidades
Desse modo, os métodos de especificação formal permitem o desenvolvimento de sistemas com um mínimo de ambigüidades, através de uma sintaxe e semântica bem definidas. Existem várias abordagens para a descrição formal de sistemas concorrentes e sistemas distribuídos (a maioria das soluções parasistemas concorrentes se adequam a sistemas distribuídos). Dentre as abordagens para a descrição formal de sistemas distribuídos e/ou concorrentes destacam-se: CCS (A Calculus of Communicating Systems), de Robin Milner; CSP (Communicating Sequential Processes), de C. A. R. Hoare; LOTOS (Language of Temporal Ordering Specification); pi-Cálculo (um refinamento do CCS para representação de processosmóveis), de Robin Milner.
Além desses formalismos, existem as abordagens que se baseiam em lógica. Uma das grandes motivações para o desenvolvimento dos trabalhos que relacionam lógica e concorrência foi o surgimento da lógica linear de Jean-Yves Girard [Gir87]. Dentre estes trabalhos destacam-se os de Samson Abramsky [Abr93,Abr94] e o de Gianluigi Bellin e Phil Scott [Bsc94]. A lógica modal tambémtem sido utilizada na especificação de sistemas distribuídos, entretanto o seu uso se restringe essencialmente à representação de estados epistêmicos de agentes e propriedades temporais.
O que se observa na maioria das abordagens de especificação formal para sistemas distribuídos é uma divisão entre aqueles formalismos que se baseiam em lógica e aqueles que se baseiam em álgebra. Um dos...
tracking img