Sistema financeiro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1229 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Faculdades e Colégio Aphonsiano
Faculdade de Administração de Empresas










Cenário Econômico
2011/2012























Trindade, novembro/2011
Lucas Gonçalves da Mota
Paulo Henrique Gonçalves Pereira









Cenário Econômico
2011/2012
























Trindade, novembro/2011
Introdução

Adifícil situação econômica internacional torna arriscado elaborar cenários para períodos mais longos. Entretanto, é inevitável pelo menos tentar delinear os elementos que terão a maior influência no crescimento dos próximos anos.
Na verdade, com pesquisas bem dirigidas é possível descobrir uma quantidade enorme de informações para elaboração e análise de cenários estratégicos. As questõescríticas nesse processo, são o que fazer com todas as informações obtidas para delas extrair cenários úteis à tomada de decisões estratégicas e, isso feito, saber até que ponto se pode agir sobre os cenários definidos de modo a preparar nossas organizações para o futuro que eles nos mostram.































CENÁRIO ECONOMICO

Cenário Interno
❖Condicionantes Políticos
• Eleições Municipais
Com as eleições para prefeitos e vereadores haverá mais investimentos nas cidades por parte de Governo e Congresso Nacional (Deputados e Senadores) para manter sua influência na escolha em sua base eleitoral. Com isso intensificará as obras municipais e aumentará os empregos temporários em 2012, principalmente na área de construções.• Reforma Ministerial
Haverá em janeiro de 2012 a reforma ministerial do Governo Dilma, com mudanças em alguns ministério, que começou com a crise de corrupção em 6 ministérios, não afetará a economia em si, ficando a expectativa de acirramento de projetos e obras a serem implementados pelos novos ministros no restante do Governo Dilma.

❖ Indicadores Econômicos
• CommoditiesNo Setor de Exportação os preços das commodities es´ta em alta desde 2010, com projeção de 23% para final de 2011 e mais 15% para 2012. Mas como o crescimento da China (nosso maior importador de commodities) está projetado para baixo, poderá comprar menos do Brasil e com isso anulará a alta das commodities.


• Juros
As reuniões do COPOM (Comitê de Política Monetária) deagosto e outubro houve um corte de 0,5 ponto percentual, os analistas apostam que se manterá este corte até a reunião de abril de 2012, terminando o ano em 10,5% na taxa Selic. Os juros para empréstimos pessoais e cartão de créditos baixarão em menor velocidade, quase não sendo perceptivel para o consumidor comum, mas haverá um aumento de consumo por parte deles.
• Inflação
Apesar daalta da inflação em 2010, projeção de 6,5%, haverá uma retrída em 2012; com a desaceleração da atividade econômica brasileira no terceiro trimestre de 2011, abre espaço para cima baixa da inflação no final de 2011, continuando em 2012, terminando o ano com projeção de 4,5%.


• P.I.B. (Produto Interno Bruto)
O P.I.B. do Brasil em 2010 foi de 7,5%, a projeção de fechamento de 2011 é de3,9%, confirmando a baixa esperada para este ano, com a crise europeia se intensificando o crescimento do P.I.B. mundial se manterá estável, freando o crescimento brasileiro, que poderá fechar o ano de 2012 com P.I.B. de 3,7%.


• Câmbio
Está projetada para o final de 2011 a cotação de o dolar ficar em R$1,72. Para 2012, a projeção é de que o dólar termine o ano a R$ 1,75. Avalorização do Real deverá ficar estabilizado no ano de 2012, mantendo o valor do dólar nesta faxa de preço.


❖ Condicionantes Eventos
• Copa do Mundo e Olimpíadas
O setor de construção e inflaestrutura receberá um maior investimento no ano 2012, com as construções de estádios, estradas, aeroportos, todos com investimentos dos Governos, correndo o risco de ter suas contas...
tracking img