Sistema de transporte nos vegetais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3279 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]


Números: 02, 03, 04, 11, 19, 22, 24, 33.
Série: 3º B
Disciplina: Biologia
Professor (a): Lena



Colégio Santa Clara
2009


Objetivo




Compreender a condução de seiva inorgânica e orgânica nas Angiospermas e analisar quais são os avanços evolutivos que tais mecanismos lhes oferecem quando comparados com os demais grupos.
Além de adquirir subsídioscientíficos, técnicos e estéticos para, futuramente, ao lado da Professora Lúcia elaborar um painel Modernista coletivo e uma Monografia sobre o Modernismo, principalmente no que se refere à obra paisagística do artista Roberto Burle Marx.
































































Conteúdo

▪ ZONAPILÍFERA das raízes (pêlos absorventes)
▪ SISTEMA DE TRANSPORTE nas células vegetais (túrgidas flácidas, plasmolisadas, murchas)
▪ SISTEMA DE TRANSPORTE através dos vasos condutores de seiva (xilema e floema)

Para que aja o funcionamento de todas as suas atividades metabólicas, as plantas necessitam transportar uma grande quantidade de substâncias de uma região a outra.
Nasplantas unicelulares, como por exemplo, as algas, por serem menos complexas, os centros de produção e consumo de alimentos estão muito próximos, de maneira que o transporte das substâncias não oferece problemas.
Porém as plantas pluricelulares por serem mais complexas apresentam uma especialização mais específica de tal modo que os tecidos fotossintetizantes ficam isolados nas partes verdese aéreas, distantes das raízes que necessitam de tais produtos. As folhas, por outro lado, necessitam de um fornecimento continuo de água e sais minerais absorvido pelas raízes. Pra promover tal união foi que a planta precisou desenvolver os tecidos vasculares, conhecidos também como tecidos condutores, constituídos por xilema (ou lenho) e floema (líber), que são canais que transportam rapidamenteos nutrientes de uma região para outra. Existem também as plantas pluricelulares que não desenvolveram tal mecanismo, tendo que realizar o transporte das substâncias lentamente passando de célula para célula num processo chamado de difusão.
• Condução de seiva inorgânica (seiva bruta)
Como já sabemos, o Xilema é um tecido altamente especializado para o transporte de água enutrientes minerais absorvidos pelo solo, substâncias estas conhecidas como seiva bruta, portanto o transporte da seiva inorgânica se deve a essa estrutura.
Segundo a teoria da tensão/coesão ou teoria da Sucção das Folhas de Dixon, a seiva bruta movimenta-se no interior do xilema, da raiz até as folhas, numa coluna contínua e em estado de tensão, devido principalmente à força da sucção dasfolhas, esta gerada pela transpiração. Tal teoria, mais aceita na atualidade, é baseada nos fatos: que a planta transpira, ou seja, perde água no estado de vapor, principalmente pelas folhas; a transpiração eleva a pressão osmótica das células foliares, que passam a sugar água dos vasos do xilema; devido à força de sucção, a águia circula numa coluna contínua da raiz até as folhas; nas raízes, os vasosxilemáticos retiram água das células que estão ao seu redor, passando de célula para célula até que, finalmente é absorvida pelo solo.



Nos vasos condutores de xilema, existe uma coluna contínua de água, formada por moléculas de água, fortemente coesas, ligadas por pontes de hidrogênio, além de que estas estão aderidas às paredes dos vasos de xilema.
Conforme ocorre a saída deágua na forma de vapor através das folhas (transpiração), existe um movimento da coluna de água através dos vasos, desde as raízes até as folhas, pois estão coesas e submetidas a uma força de tensão que movimenta a coluna de água através do xilema.
À medida que a água é perdida pela transpiração ou usada na fotossíntese, ela é removida do caule e retirada da raiz, sendo absorvida pelo...
tracking img