Sindrome de help

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (507 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
SINDROME HELLP

Dr Alberto Zaconeta
CRM 9986-DF
Médico Ginecologista Obstétrico
Hospital Santa Lúcia – Gravidez de Alto Risco
Mestre em Ciências da Saúde pela UnB

 
Asíndrome HELLP caracteriza-se pela associação de plaquetopenia, aumento das enzimas hepáticas e presença de hemólise em paciente gestante. O acrônimo foi cunhado por Wenstein em 1982 e representa asiniciais das alterações laboratoriais na língua inglesa (Hemolysis; Elevated Liver enzimes; Low Platelets). Até seu reconhecimento como entidade especifica, essa síndrome era frequentemente confundidacom quadros de hepatite ou colecistite, levando a retardos no tratamento que culminavam em desfecho desfavorável para a gestante e o feto.
Apesar de poder ocorrer isolada, asíndrome de HELLP geralmente aparece como complicação da pré-eclâmpsia, podendo ser reconhecida em 4% a 12% das gestantes pré-eclâmpticas.
O evento primário subjacente à síndromeparece ser a isquemia placentária, com liberação do Fator Circulante Tóxico Endotelial (FCTE), que causaria dano às substâncias vasoconstritoras serotonina e tromboxane A2. Essas substâncias causariamum vasoespasmo generalizado, agravando o dano endotelial e promovendo mais agregação e consumo de plaquetas, além da ativação do sistema da coagulação e depósito de fibrina nas paredes vasculares. Ahemólise decorreria da ruptura das hemácias ao passar pelos capilares anormalmente estreitados (anemia hemolítica microangiopática). Em nível hepático, a constrição vascular produziria a necrosehepatocelular e hemorragia no espaço de Disse, explicando o aumento das transaminases. O sangue extravasado do espaço de Disse pode dissecar o tecido conectivo periportal e formar um hematoma subcapsular,cuja a ruptura tem conseqüências catastróficas para a gestante.
O quadro clínico está composto por sintomas inespecíficos do tipo mal-estar generalizado (90%), dor epigástrica...
tracking img