simbolico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1161 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de novembro de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
Há dois níveis de leitura da imagem: o da denotação e o da conotação. O primeiro atende à
simples descrição ou enumeração dos seus elementos; o segundo é de cariz subjectivo, e
depende do contexto, da intencionalidade ou intencionalidades com que é utilizada e das
possíveis sugestões que a interpretação da imagem veicula. Na leitura da imagem são
mobilizadas não apenas cognitivas eculturais, mas também as afectivas ou de sensibilidade,
ou mesmo psicomotoras. Para a concretização dessa leitura é necessário atender:
• à percepção do que a imagem representa, tendo em conta o seu assunto e
projecção da forma de ser e de pensar do leitor;
• à identificação dos elementos que a compõem (vivos, móveis e estáveis);
• à interpretação do que significa, atendendo ao seu poderevocativo e Há dois níveis de leitura da imagem: o da denotação e o da conotação. O primeiro atende à
simples descrição ou enumeração dos seus elementos; o segundo é de cariz subjectivo, e
depende do contexto, da intencionalidade ou intencionalidades com que é utilizada e das
possíveis sugestões que a interpretação da imagem veicula. Na leitura da imagem são
mobilizadas não apenas cognitivas eculturais, mas também as afectivas ou de sensibilidade,
ou mesmo psicomotoras. Para a concretização dessa leitura é necessário atender:
• à percepção do que a imagem representa, tendo em conta o seu assunto e
projecção da forma de ser e de pensar do leitor;
• à identificação dos elementos que a compõem (vivos, móveis e estáveis);
• à interpretação do que significa, atendendo ao seu poderevocativo e
simbólico. Há dois níveis de leitura da imagem: o da denotação e o da conotação. O primeiro atende à
simples descrição ou enumeração dos seus elementos; o segundo é de cariz subjectivo, e
depende do contexto, da intencionalidade ou intencionalidades com que é utilizada e das
possíveis sugestões que a interpretação da imagem veicula. Na leitura da imagem são
mobilizadas nãoapenas cognitivas e culturais, mas também as afectivas ou de sensibilidade,
ou mesmo psicomotoras. Para a concretização dessa leitura é necessário atender:
• à percepção do que a imagem representa, tendo em conta o seu assunto e
projecção da forma de ser e de pensar do leitor;
• à identificação dos elementos que a compõem (vivos, móveis e estáveis);
• à interpretação do que significa,atendendo ao seu poder evocativo e
simbólico. Há dois níveis de leitura da imagem: o da denotação e o da conotação. O primeiro atende à
simples descrição ou enumeração dos seus elementos; o segundo é de cariz subjectivo, e
depende do contexto, da intencionalidade ou intencionalidades com que é utilizada e das
possíveis sugestões que a interpretação da imagem veicula. Na leitura da imagem sãomobilizadas não apenas cognitivas e culturais, mas também as afectivas ou de sensibilidade,
ou mesmo psicomotoras. Para a concretização dessa leitura é necessário atender:
• à percepção do que a imagem representa, tendo em conta o seu assunto e
projecção da forma de ser e de pensar do leitor;
• à identificação dos elementos que a compõem (vivos, móveis e estáveis);
• à interpretaçãodo que significa, atendendo ao seu poder evocativo e
simbólico. Há dois níveis de leitura da imagem: o da denotação e o da conotação. O primeiro atende à
simples descrição ou enumeração dos seus elementos; o segundo é de cariz subjectivo, e
depende do contexto, da intencionalidade ou intencionalidades com que é utilizada e das
possíveis sugestões que a interpretação da imagem veicula. Naleitura da imagem são
mobilizadas não apenas cognitivas e culturais, mas também as afectivas ou de sensibilidade,
ou mesmo psicomotoras. Para a concretização dessa leitura é necessário atender:
• à percepção do que a imagem representa, tendo em conta o seu assunto e
projecção da forma de ser e de pensar do leitor;
• à identificação dos elementos que a compõem (vivos, móveis e estáveis);...