Sifilis

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1368 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
1. Introdução
A história da Sífilis começa na Grécia Antiga com relatos de Hipócrates, posteriormente em 600 a.C. evidencias arqueológicas indicam a presença do parasita em crianças . Quanto ao surgimento do parasita ou evolução , teorias sugerem que sífilis é uma doença do velho mundo e que devido a inúmeras mutações se tornou mais contagiando alcançando seu auge no, outras teorias dizemque a doença foi levada das Américas para Europa por Colombo no século XV.
Hoje a sífilis é uma das doenças infectocontagiosas que possuem maior numero de infectados em todo o mundo, causada pela bactéria Treponema pallidum (1903 ),a sífilis é mais frequente em populações urbanas de pouco pode aquisitivo, visto a dificuldade em se conseguir diagnóstico e continuidade do tratamento.Descobertas como a da penicilina em 1928 e da sua eficácia no tratamento dos doentes de sífilis em 1943, mostraram uma chance de cura rápida aos doentes.Mas Mudanças sócias como invenção da pílula anticoncepcional , abertura da sexualidade na década de 60 , e o aparecimento da síndrome de Imunodeficiência Humana Adquirida na década de 70 significaram um aumento no numero de casos de infectadospor sífilis.
Desta forma, mesmo com tratamento e inúmeras medidas de controle a sífilis continua sendo um problema de saúde publica.

2. Epidemiologia
Segundo estimativas do Ministério da Saúde, cerca de 1,1% da população brasileira é infectada por sífilis todos os anos , o equivalente a 937 mil pessoas.Destes indivíduos 60 mil são gestantes portadoras, que dependendo de fatorespoderão também infectar seus filhos antes que estes nasçam.
Os Grupos de maior risco são jovens em idade, homossexuais, indivíduos que possuam uma situação econômica desfavorecida. Dentre aqueles fatores que aumentaram o numero de sífilis está, a abertura do comportamento sexual com o início da vida sexual ativa prematuramente , uso de pílulas anticoncepcionais ,precariedade no sistema desaúde .

* Agente Etiológico
A sífilis é causada pelo patógeno Treponema pallidum, bactéria gram-negativa , do grupo das bactérias espiroquetas .Identificado por Fritz Richard Schaudinn e Erich Hoffmann em 1905 , a espiroqueta é um patógeno exclusivo do homem e possui pouca resistência ao calor e pouca umidade , o que garante que sua sobrevivência fora do organismo seja curta.
Os fatoresde virulência vão desde a capacidade das espiroquetas de percorrer todo o organismo e atravessar a placenta , a fatores morfológicos da membrana do patógeno que permite a vivencia deste no organismo humano seja prolongada.

* Transmissão
Treponema pallidum penetra no corpo através de feridas , escoriações geradas na mucosa durante a relação sexual além do contato com líquidoscorporais (tais como sangue), quando dentro do organismo e em condições favoráveis , esta bactéria se reproduz no local e posteriormente é levada às outras partes do organismo através da via Linfatica-Hematogena.
Desta forma , as vias de transmissão são por relações sexuais ( sexo vaginal, sexo anal e sexo oral), transfusões de sangue contaminado, Congenitamente .
3. Sintomas:
Operíodo de incubação é de 21 a 30 dias após o contato,podendo variar de10 a 90 dias , dependendo do número e virulência de Treponemas e da imunidade do hospedeiro.Os estágios da sífilis podem ser divididos em :

Sífilis primária: Nesta fase os principais sintomas são o aparecimento de lesões ulceradas ou cancro .Estas lesões não são dolorosas e possuem a base endurecida, lisa, brilhante, compresença de secreção serosa (líquida, transparente) escassa .
Os crânios são presentes nos órgãos genitais femininos (como grandes lábios, vagina, clitóris, períneo e colo do útero na mulher ) e nos órgãos masculinos ( vistas na glande e prepúcio no homem), podendo também ser encontrada nos dedos,pele, mucosa da boca , mamilos e conjuntivas....
tracking img