Sifilis

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1395 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Sífilis











Disciplina: Ciências Naturais


índice

Introdução: 3
Desenvolvimento 4
Sífilis 4
Modo de Transmissão 4
Sintomas 4
Progressão da doença 5
Diagnóstico e Tratamento 7
Dados epidemiológicos 7
Modos de Prevenção da doença 8
Conclusão 9
Bibliografia 10
Webgrafia 10

























Introdução:




As doençassexualmente transmissíveis, também conhecidas por doenças venéreas, são doenças provocadas por bactérias, fungos e vírus e que se transmitem por contacto sexual, quando um dos parceiros se encontra infectado. A Sífilis, o Herpes genital, a Hepatite B e a SIDA são exemplos de algumas infecções sexualmente transmissíveis.

  Este tipo de doenças são, ainda hoje, um grave problema de saúdepública, uma vez que, apesar de haver tratamento e cura na maioria dos casos, aumenta todos os anos o número de pessoas infectadas. A mudança de hábitos sexuais dos adolescentes e jovens e a falta de informação sobre estas doenças faz com que as mesmas se transmitam rapidamente.

O objectivo deste trabalho é que os alunos conheçam algumas doenças/ /infecções sexualmente transmissíveis e o seuimpacto no organismo humano.

O nosso grupo de trabalho decidiu escolher a Sífilis por ser uma doença sexualmente transmissível pouco falada, razão pela qual gostaríamos de aprender mais e transmitir também essas informações aos nossos colegas.




















Desenvolvimento


Sífilis

A sífilis é uma doença infecto-contagiosa causada pela bactériaTreponema pallidum que, para sobreviver, precisa de um ambiente quente e húmido. A sífilis também é conhecida por cancro duro.
Apesar de ser contagiosa e perigosa, é curável se for tratada a tempo. Esta doença é transmitida por via sexual e para o feto durante a gestação.
A sífilis ataca qualquer tecido desde a pele aos ossos, fígado, órgãos genitais e olhos. Torna-se particularmenteperigosa quando alcança o sistema nervoso e o coração, o que pode levar à morte.




Modo de Transmissão

A transmissão da bactéria dá-se quase sempre através do contacto sexual (oral, vaginal ou anal) pois o Treponema pallidum pode atravessar as mucosas mesmo quando estão intactas. A bactéria também é capaz de atravessar a pele quando tem lesões, sendo esta outra forma de adquirirsífilis. Também pode ser transmitida da mãe para o feto, por via transplacentária (através da placenta), chamando-se neste caso, sífilis congénita.


Sintomas

Os sinais e sintomas da sífilis são vários, dependendo do estágio em que se encontra. A sífilis não tratada é uma doença crónica que evolui por períodos sintomáticos, alternando com intervalos longos sem sintomas. A evolução da sífilispode ser dividida em quatro períodos distintos, a sífilis primária, a sífilis secundária, a sífilis terciária ou tardia e a sífilis latente

Progressão da doença

Sífilis primária - A sífilis primária (cancrosifilítico) manifesta-se após um período de incubação variável de 10 a 90 dias, com uma média de 21 dias após o contacto. Neste período inicial, o indivíduo permanece assintomático, quandoaparece o chamado "cancro duro" ou úlcera indolor. Duas ou três semanas depois, os gânglios linfáticos aumentam de volume.
O cancro é uma pequena ferida ou ulceração firme e dura que ocorre no ponto exposto inicialmente à bactéria, geralmente o pénis, a vagina, o recto ou a boca.
O diagnóstico no homem é muito mais fácil, pois a lesão no pénis chama a atenção, enquanto a lesão navagina pode ser interna e somente vista através de exame ginecológico.

Sífilis secundária - O segundo estágio inicia-se entre o primeiro e o quinto mês.
É caracterizado por um mal-estar geral, anemia, anorexia, febre, dores de cabeça e garganta, tumefacção dos gânglios, dores osteoarticulares, distribuição irregular (roséola sifilítica) e erosões mucosas. Manchas tipo placas também...
tracking img