Serrarias

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 21 (5060 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
RICARDO RIBAS BATISTA
















RELATÓRIO DE SERRARIAS E BENEFICIAMENTO DA MADEIRA I


Trabalho realizado para a disciplina AT095 – Serrarias e beneficiamento da madeira I, do curso de Eng. Industrial Madeireira, do setor de Ciências Agrárias da Universidade Federal do Paraná.


Prof. Rui André Maggi dosAnjos.
















CURITIBA
2011


SUMÁRIO









1- INTRODUÇÃO. 2

2 – DESENVOLVIMENTO. 4

2.1 – DESCRIÇÃO DA ÁREA E DA SERRARIA 4

3 – DESCRIÇÃO DOS EQUIPAMENTOS. 5

4 – PROCESSOS CONTRATUAIS 20

4.1 – GARANTIA. 20

4.2 – TRANSPORTE E MONTAGEM. 21

4.3 – CANCELAMENTO. 21

4.4 – SERVIÇOS E MATERIAIS NÃO INCLUSOS NO CUSTO DO PROJETO DA MILL SERRAS. 21

5 – CUSTOSRELACIONADOS AOS EQUIPAMENTOS 22

6 – CONDIÇÕES DE PAGAMENTO DOS MAQUINÁRIOS 23

7 – IMAGENS DA SERRARIA. 24

8 – LAYOUT DA SERRARIA. 26

9 – CONCLUSÃO. 27




1- INTRODUÇÃO.


O objetivo deste trabalho é realizar uma visita em uma serraria e levantar o máximo de informação possível sobre a construção, funcionamento, matéria prima e produto final. A visita foi realizada na serraria Tupinikin,que está localizada na Fazenda Rio Grande (região metropolitana de Curitiba).

2 - DESENVOLVIMENTO


2.1 – DESCRIÇÃO DA ÁREA E DA SERRARIA.


A serraria Tupinikin está localizada na Fazenda Rio Grande (região metropolitana de Curitiba). A matéria prima utilizada em seu processo produtivo é o Pínus, vindo de áreas de reflorestamento e é adquirida em estéreo, toda a sua produção é destinada aexportação.
A serraria como um todo foi projetada pela Mill serras com capacidade de produção de 1800m³ de eucalypto e 2500m³ de pinus serrado por mês, a mesma conta com 50 colaboradores especializados na área da indústria madeireira e todos trabalham apenas um turno utilizando equipamentos de segurança (protetor auricular, luvas, capas de couro, sapatos com biqueira de aço e alguns equipamentosauxiliares como empilhadeiras e pa-carregadeira para movimentação das toras e produto serrado.







3- DESCRIÇÃO DOS EQUIPAMENTOS

ESTEIRA DE TORAS COM 2 LINHAS CORRENTE ETO/2L
NCM: 8428.39.10 CÓDIGO FINAME: 2106441

Esteira com 2 linhas de corrente, altamente reforçadas para suportar todo trabalho
pesado de transporte de toras. Equipamento segue completo nas seguintes
especificações.

CARACTERÍSTICASCONSTRUTIVAS

⇒ Duas (02) linhas de correntes;
⇒ Um (01) motor de 7,5 CV;
⇒ Um (01) redutor de engrenagem ML 40 redução 1:26,4 marca Geremia;
⇒ Correntes C 2100H para transporte de material pesado;
⇒ Engrenagem de passo 63,5mm para robustez;
⇒ Chapa de desgaste com 16 mm de espessura, aço 1045 na linha de
corrente para maior durabilidade;
⇒ Estrutura em tubos retangulares de 80 x 180 x 3,75mm deespessura e
sapatas para fixação no solo;
⇒ Comando elétrico automático.

MEDIDAS DO EQUIPAMENTO

⇒ Largura total 1.600 mm;
⇒ Comprimento total 6.000 mm;

MEDIDAS DA MADEIRA

⇒ Comprimento mínimo 1.900 mm;
⇒ Comprimento máximo 3.000 mm;

MESA ROLETADA MRO/500
NCM: 8428.39.20 CÓDIGO FINAME: 2106576

Mesa de roletes com 500 mm de largura para transporte de tábuas na linha de
produção. Equipamentosegue completo nas seguintes especificações.

CARACTERÍSTICAS CONSTRUTIVAS

⇒ Com rolos de 127 mm de diâmetro e 4,75 mm de parede;
⇒ Pés com perfil .U. de 4,75 mm de espessura e sapatas para fixação no
solo.

MEDIDAS DO EQUIPAMENTO

⇒ Largura total 605 mm;
⇒ Comprimento total 2.000 mm;



MILL 1° CORTE VERTICAL DUPLA . SFMVD
NCM: 8465.91.10 CÓDIGO FINAME: 2762607

Recebendo toras com diâmetros deaté 460 mm, ela efetua os dois (02) cortes
laterais em uma única passada, formando um semi-bloco com 2 lados prontos,
retirando as costaneiras automaticamente.

CARACTERÍSTICAS CONSTRUTIVAS

⇒ Dois (02) motores trifásicos de 25 CV 4 polos para o acionamento da
serra;
⇒ Esteira de entrada com 2.600mm e esteira de saída com 5.000mm de
comprimento com esteira transportadora de corrente e grampos...
tracking img