Sensor de proximidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2055 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PRINCÍPIO DE ARQUIMEDES
Empuxo – Determinação de densidade de sólidos e líquidos.












MANAUS/AM
2010














PRINCÍPIO DE ARQUIMEDES
Empuxo – Determinação da densidade de sólidos e líquidos








ORIENTADOR:





MANAUS/AM
2010











SUMÁRIO

INTRODUÇÃO 6

1 DESENVOLVIMENTO 7-18

2 CONCLUSÃO 8

3REFERÊNCIAS 9



INTRODUÇÃO

Neste trabalho apresentaremos os conceitos referentes a estrutura dos metais e algumas de estrutura cristalina em particular assim como o fator de empacotamento de cada uma e forma de calcular o numero de coordenação. E para um entendimento mais proveitoso será abordado as imperfeições estruturais e depois mostraremos como se comporta estas estruturas metálicasrecebendo solicitações de esforços a eles aplicados, tais como: tração, compressão, cisalhamento, etc. Onde iremos explicar como se comporta os metais de acordo com o gráfico de Tensão X Deformação, que será utilizado para visualizar as deformações das ligações dos grupos de moléculas unidas na estrutura, até a sua ruptura completa.


 1 Materiais Metálicos


Os materiaismetálicos são substâncias inorgânicas formadas a partir da composição de um ou mais elementos da família dos metais, podendo apresentar também elementos não metálicos
Os materiais se dividem em amorfos e cristalinos:
Material cristalino(a): ordem a longa distância
Material amorfo (b): ordem a curta distância


Atrações Interatômicas

1.Ligações Iônicas
2.Ligações Covalentes3.Ligações Metálicas
4. Forças de Van Der Waals

Arranjos atômicos
Os arranjos atômicos são classificados em:
• Estruturas moleculares apresentam um agrupamento de átomos, este tipo de
arranjo está presente nos materiais poliméricos.
• Estruturas cristalinas apresentam um arranjo repetitivo de átomos é o arranjo
comum dos materiais metálicos, porém podem aparecer nos materiais
poliméricose nos materiais cerâmicos.
• Estruturas amorfas apresentam um arranjo sem nenhuma regularidade, é
encontrada nos materiais cerâmicos

 Estrutura Cristalina do Ferro
Para uma melhor compreensão das reações que podem ocorrer com as ligas
metálicas ferrosas, torna-se necessário o estudo da sua rede cristalina.

 Estrutura Cristalina Ideal do Ferro
No ferro em fusão não existeuma disposição regular dos átomos. Isto só vai
ocorrer na solidificação, quando os átomos formam uma rede espacial regular, repetitiva, com ligações de longo alcance, que é a característica de um cristal.
O ferro cristaliza-se sob a forma cúbica e dependendo da disposição dos átomos no cubo e a temperatura em que aparecem, pode-se designá-las pelas letras do alfabeto grego, alfa (α), gama (γ),delta (δ ).

Defeitos da rede cristalinos do ferro
 - lacunas
 - interstícios
 - átomos estranhos:
de lacunas em equilíbrio: É certo dizer que a existência de lacunas é uma exigência termodinâmica. Existe um número de lacunas em equilíbrio com a temperatura num metal. Este número aumenta exponencialmente com a temperatura, de acordo com lei de Arrenius:


São as discordâncias emaresta, em espiral e mista (ver figuras). A discordância possui um vetor de burguers (b), o qual tem o módulo do deslocamento em um átomo provocado pelo defeito. No caso das discordâncias em aresta, o vetor b é perpendicular à linha da discordância. Nas discordâncias em espiral o vetor de burguers é paralelo a linha da discordância.













O principal destes defeitos é ocontorno de grão, que separa duas regiões de orientações cristalográficas diferentes no material, durante a solidificação do ferro, começam a surgir núcleos de cristalização, que são átomos que iniciam a aglomeração com outros átomos. O contorno de grão é uma região de alta energia, devido à sua alta densidade de defeitos cristalinos. Esses núcleos surgem de todas as partes ao mesmo tempo. Acontece...
tracking img