Senso e consciencia moral

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (478 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
"Visto que apetites, impulsos, desejos, tendências, comportamentos naturais costumam ser muito mais fortes do que a razão, a razão prática e a verdadeira liberdade precisam dobrar a nossa partenatural e impor-nos nosso ser moral. Elas o fazem obrigando-nos a passar das motivações do interesse para o dever. Para sermos livres, precisamos ser obrigados pelo dever de sermos livres."
(MarilenaChauí)
Segundo Marilena Chauí: "Senso e consciência moral dizem respeito a valores, sentimentos, intenções, decisões e ações referidos ao bem e ao mal e ao desejo de felicidade. Dizem respeito àsrelações que mantemos com os outros e, portanto nascem e existem como parte de nossa vida intersubjetiva."
A consciência moral manifesta-se na capacidade de deliberar diante de uma situação e dealternativas fáceis ou difíceis.
Cada um de nós tem um jeito de sentir próprio. Dizemos que cada um tem sua subjetividade. Mas existem coisas que tocam mais uns do que outros, e, existem coisasque geram em todos reações muito semelhantes. Estas coisas são chamadas de intersubjetivas.
Basicamente, são três os modelos de moralidade: aristocrático, utilitarista e kantiano.

Amoral aristocrática visa fazer com que o indivíduo se aproxime, cada vez mais, de um homem ideal e transcendente. Nesse sentido, são morais aristocráticas a moral judaica, baseada no modelo de homem defé (Abraão), a moral cristã, no amor ao próximo (Jesus), a moral platônica, no ascetismo (filósofo-rei), a moral budista, na eliminação dos desejos (Buda). A felicidade plena é obtida quando oindivíduo realiza o ideal proposto. Quanto mais virtuoso for o indivíduo, maior o seu grau de felicidade.
A moral utilitarista caracteriza-se pela ausência do transcendente e de modelos a priori a serimitados. Todas as ações devem ser medidas pelo bem maior para o maior número. Ao definir o utilitarismo, o filósofo irlandês Francis Hutcheson (1694-1746) assim se expressa: "a melhor ação é...
tracking img