Seminario rochas sedimentares

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1921 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO OESTE
UNICENTRO
DEPARTAMENTO DE QUÍMICA – DEQ

DISCIPLINA DE MINERALOGIA

Formação de Rochas Sedimentares

Trabalho elaborado para obtenção parcial de nota semestral na disciplina de Mineralogia, ministrada pelo professor Pedro França Junior. 1º ano do curso bacharelado em química.

Guarapuava, 15 de setembro de 2011
Introdução
Um sedimento são detritosrochosos que, através de diversos fatores químicos, físicos e biológicos formam o que chamamos de rochas sedimentares. A sedimentologia é a ciência que estuda os depósitos sedimentares e suas origens.[1,2]
A sedimentologia alcançou um âmbito mundial espantoso a partir da descoberta de volumes elevados de petróleo na América do Norte, em sedimentos do Texas e do Canadá. Dessa maneira, os EstadosUnidos impulsionaram o avanço dessa ciência, tendo como base a indústria petrolífera. [1]

Desenvolvimento
Tectonismo e ambientes de sedimentação
As causas fundamentais da formação das bacias sedimentares são os movimentos tectônicos, podendo ocorrer antes, durante ou depois da sedimentação. [1,2]
Há vários estudos no Japão sobre conjuntos de terraços fluviais e sua forte tendência derelacioná-los a movimentos tectônicos subsequentes às atividades vulcânicas ou às variações de nível relativo do mar, em função de alternâncias de estágios glaciais e interglaciais. Pro outro lado, os minerais pesados contidos nas rochas sedimentares fornecem boas indicações sobre a área-fonte das mesmas: sua geologia histórica e sobre os problemas de proveniência dos sedimentos. [1,2]
Formaçõessedimentares e condições de deposição
Através das análises das estratificações, marcas onduladas, marcas de corrente, estratificadas cruzadas e outras estruturas sedimentares, que exibem fenômenos gradacionais nos arenitos, do estudo das texturas superficiais dos grãos arenosos e dos seixos, na distribuição granulométrica das areias e valores estatísticos expressos por seleção, mediana, assimetria ecurtose, da forma e arredondamento das partículas arenosas, da utilização dos elementos químicos isotópicos e estudos físico-químicos, envolvendo valores de pH e Eh, etc., é possível interpretar a gênese das formações sedimentares. Por outro lado, é também possível interpretar organicamente os sedimentos pelo estudo ecológico e bioquímico, usando-se foraminíferos, conchas, algas calcarias esilicosas, bactérias, etc. Dessa maneira, essas pesquisas de interpretações das relações entre os sedimentos recentes e as rochas sedimentares constituem parte importante da Sedimentologia.[2]

Intemperismo ou meteorização
O intemperismo é o conjunto de processos naturais que causa a alteração das rochas próximas da superfície terrestre, em produtos que estejam mais em equilíbrio com novas condiçõesfísico-químicas diferentes das que deram origem à maioria dessas rochas. Nos ambientes naturais, entre os parâmetros físico-químicos mais importantes, tem-se o pH (potencial do íon hidrogênio) e Eh (potencial de oxirredução). O pH é a medida da força de um ácido ou de uma base, que é definido como logaritmo negativo, na base 10, da sua concentração em íons de hidrogênio. Esta concentração varia de 0 a14, sendo os valores inferiores a 7 indicadores de acidez e os superiores a 7 indicadores de basicidade (alcalinidade). O Eh é a medida em volts da tendência de um ambiente produzir reações de oxidação ou de redução. O potencial de oxirreadução varia desde fortemente redutor até fortemente oxidante. Ambos constituem variáveis independentes que podem ocasionar a oxidação do ferro, a lixiviação damatéria orgânica. [1]
Uma rocha que sofre intemperismo libera os seus produtos, que podem ser removidos fisicamente (ou mecanicamente) e em solução. O processo de remoção desses produtos é conhecido por erosão e a movimentação desses materiais é chamada de transporte. O conjunto do intemperismo e erosão constituem o processo também conhecido por denudação. Os processos de intemperismo, erosão...
tracking img