Schminke house

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 24 (5784 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Instituto Superior Técnico – Mestrado Integrado em Arquitectura| Ano Lectivo 2010/2011 | 2º Ano – 2º Semestre

História da Arquitectura Contemporânea | Professora Ana Tostões

Análise interpretativa: A Casa Schminke no percurso de Hans Scharoun
Ana Carracho | 67098 Daniela Francisco |67106 Rafaela Monteiro | 67138 Rita Neto Silva | 67140 Sara Santos | 67142

HANS SCHAROUN NA ARQUITECTURAMODERNA A CASA SCHMINKE NO PERCURSO DE SCHAROUN ANÁLISE INTERPRETATIVA DA CASA SCHMINKE COMPARAÇÃO DA CASA SCHMINKE COM OUTRAS OBRAS DE SCHAROUN ANEXOS REFERÊNCIAS

0 1

08
11 18 22 30

ÍNDICE

HANS SCHAROUN NA ARQUITECTURA MODERNA

1

O MODERNISMO ALEMÃO

O movimento da reforma internacional da arquitectura e artes industriais verificou-se na Alemanha acompanhado porcircunstâncias históricas especiais: a derrota na 1º Guerra Mundial significou para a Alemanha um grande abalo e uma ruptura radical com o passado nacional. Assim, a arquitectura que emerge na década de 20 conforma uma dramática mudança na orientação das artes visuais e, consequentemente, o surgimento da nova corrente Neue Sachlichkeit – nova objectividade. O novo movimento é muitas vezes interpretado enquantouma reacção aos horrores da guerra e surge como o indício do novo realismo. Apesar da nova geração partilhar alguns objectivos expressionistas, é uma ávida expectante do presente que sabe aproveitar as mudanças e os avanços tecnológicos da época. A primeira mudança da arquitectura alemã foi registada por Adolf

Behne[1] que, renunciando os ideais expressionistas, afirma a divisão do
trabalhoinaugurado pela máquina enquanto o desenvolvimento da antiga relação orgânica entre o artesão e o seu produto. Também Van Doesburg[2], um precursor das novas ideias, defendia a aproximação ao design perfeito em oposição à habilidade e intuição artística. Verifica-se, deste modo, uma valorização das grandes mudanças contemporâneas e da exploração de novos caminhos. A este facto soma-se, ainda, umsegundo fluxo de novas ideias provenientes da construção da Rússia, com quem a Alemanha estabeleceu um importante intercâmbio cultural que resultou no desenvolvimento de
____________________________ [1] Adolf Behne (1845-1948): crítico,

historiador de arte e arquitectura. Um dos grandes promotores do Expressionismo de Bruno Taut. Ver biografia sintética em Anexos (pág. 23) [2] Theo Van Doesburg(1883-1931): artista holandês, pintor, escritor e arquitecto. Conhecido por fazer parte dos fundadores do De Stijl, movimento Neoplasticista. Ver biografia sintética em Anexos (pág. 23)

Análise interpretativa: a Casa Schminke no percurso de Hans Scharoun
IST | Ano Lectivo 2010/2011 | 2º Ano | História da Arquitectura Moderna

02

uma abordagem objectiva no que diz respeito à construção eque envolveu a experimentação dos materiais industriais da época, nomeadamente o ferro e o vidro. Tais mudanças impulsionaram o desenvolvimento de um novo idioma visual que, ao longo dos tempos, descreveu a transição da atitude expressionista a uma postura mais racional e económica. Contudo, o racionalismo industrial não elimina o conceito de ideal de beleza. Consiste, em vez disso, na união daarte com a técnica construtiva

com o objectivo de desenvolver uma nova maneira de obter funcionalidade e
dinamismo. É neste contexto – na tentativa de definir o Neue Sachlichkeit – que surge um dos grandes conflitos da vanguarda alemã dos anos 20 – o confronto entre funcionalistas e racionalistas. De acordo com os funcionalistas, que se apresentavam como os mais orgânicos, as criações eramúnicas, irrepetíveis. Naturalmente, as formas a que recorriam resultavam do modo como as pessoas se apropriavam dos espaços e das suas respectivas funções. Os racionalistas, pelo contrário, serviam-se de modelos típicos e repetíveis, capazes de satisfazer necessidades gerais. Enquanto um funcionalista procura a melhor adaptação possível para uma dúvida especifica, o racionalista procura a solução...
tracking img