Saude mental do trabalhador

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1594 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PRODUÇÃO CIENTIFICA SOBRE A SAÚDE DO TRABALHADOR: UMA
PESQUISA BIBLIOGRÁFICA
Neide Tiemi Murofuse1
Rejane Rodrigues da Silva 2
INTRODUÇÃO: A área da Saúde do Trabalhador surge no contexto do Movimento da
Reforma Sanitária, que tinha como proposta uma nova concepção de Saúde Pública para
o conjunto da sociedade brasileira. Foi uma resposta institucional aos diversos movimentos
sociais que,entre a metade dos anos de 1970 e os anos de 1990, reivindicava a
Saúde do Trabalhador como parte do direito universal à saúde e não mais meras ações
dissociadas da atenção individual, resumidas a campanha e programas (BRASIL, 2005).
Com a Constituição Federal de 1988 os brasileiros conquistaram o direito universal à
saúde tendo o Estado o dever de cuidar da saúde e da assistência pública, bemcomo
proteger o meio ambiente e combater a poluição em quaisquer de suas formas. Previu-se
que o direito à saúde, inalienável e irrenunciável, é instituído e deve ser garantido mediante
políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros
agravos (BRASIL, 2002). Atualmente as relações entre saúde e trabalho previstas constitucionalmente
são disciplinadas em trêsesferas: a) do trabalho, b) da saúde e c) da previdência
social. A superação da fragmentação da responsabilidade pelas ações nas áreas
de segurança e saúde dos trabalhadores será alcançada pela integração dessas esferas
através de uma atuação intra e inter setorial. O processo de mundialização do capital e o
papel assumido pelo Brasil apresentam repercussões diretas no modelo dedesenvolvimento
adotado no país com conseqüências sobre a saúde da população. A privatização,
1 Enfermeira, Doutora, Profª do Curso de Enfermagem da Unioeste – Campus de Cascavel.
2 Administradora, Especialista, Técnica de Recursos Humanos da Unioeste. E-mail:
rejanerodri@yahoo.com.br
terceirizações, mudanças organizacionais e tecnológicas, produzem impactos sobre a
saúde, o meio ambiente e a vida dostrabalhadores. Frente às intensas e rápidas mudanças
que tem marcado o atual contexto, a presente investigação constitui-se num momento
inicial do processo de estudo a serem desenvolvidos nessa área visando buscar a compreensão
sobre as transformações ocorridas no mundo do trabalho e os seus impactos na
saúde dos trabalhadores.
OBJETIVO: Analisar a produção científica sobre a saúde dotrabalhador e identificar
as principais temáticas objetivos, metodologia e resultados abordados pelos estudiosos.
METODOLOGIA: Trata-se de uma pesquisa bibliográfica; definida por Lakatos; Marconi
(1991, p.158) como aquela que realiza “um apanhado geral sobre os principais trabalhos
já realizados, revestidos de importância, por serem capazes de fornecer dados
atuais e relevantes relacionados com otema”. O levantamento bibliográfico foi realizado
no período de 11de junho a 17 julho de 2005, através da Internet, na base de dados
da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração –ANPAD e no
Scientific Electronic Library Online –SciELO. Da ANPAD foram analisadas as publicações
da Revista de Administração Contemporânea – RAC, do período de 1997 a 2005,
disponibilizadas no sitewww.anpad.org.br/public_rac.html. No SciELO foi utilizado a
versão em português do site www.scielo.org/index.php?lang=pt. Nessas bases de dados
foram cruzadas as palavras-chaves: saúde do trabalhador, professor, ensino, saúde-doença,
universidade, docente, administração universitária, carreira acadêmica, qualificação
do professor, condições de trabalho, aposentadoria, saúde ocupacional. Abusca realizada
na RAC resultou em 32 revistas contendo 264 artigos, 30 documentos e debates e 06
casos de administração. A busca no SciELO resultou em 94 periódicos de 05 áreas sendo
49 revistas das áreas da saúde, 6 revistas de psicologia, 5 revistas de psiquiatria, 9 revistas
da saúde pública e 25 revistas das Ciências Sociais. Foram selecionados 18 artigos
(5 da RAC e 13 da SciELO) com...
tracking img