Satelites

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1368 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE ALVORADA
DISCENTE: Johnes Altamiro

SATÉLITES



INTRODUÇÃO

Este tem como finalidade falar sobres os satélites, os serviços prestados por eles, bandas de transmissão, quais os tipos de bandas, transponders, o que é, qual a utilização as normas de utilização e etc.HISTÓRICO

Em 1985, o Brasil lançou seu primeiro satélite doméstico de comunicação, denominado de Brasilsat, ou mais formalmente denominado de Brasilsat A1. O satélite foi fabricado pela empresa Spar Aerospace Ltd., do Canadá. Com uma associação de dezenas de estações terrestres de recepção e transmissão de microondas, o Brasilsat A1 se destinava a fornecer serviçosde telefonia, televisão, radiodifusão e transmissão de dados para todo o país.
No ano seguinte, em 1986, foi lançado o Brasilsat A2, um satélite idêntico ao primeiro, com condições de atender também a usuários da América do Sul.
Aproximando-se do final da vida útil dos satélites da primeira geração, em 1994 foi posto em órbita o Brasilsat B1 e, no ano seguinte, o Brasilsat B2, com alguns canais destinadosaos países do Mercosul. Esses novos satélites de comunicação eram maiores e mais poderosos que os satélites da geração anterior.
Em fevereiro de 1998, ocorreu o lançamento do satélite Brasilsat B3, com o qual algumas cidades da Amazônia, que ainda não tinham comunicação via satélite, ficaram conectadas ao Brasil e ao mundo.
Porém, em 29 de julho de 1998, a empresa Embratel foi privatizada e,em 2000, a área de satélites da Embratel transformou-se numa subsidiária denominada Star One, e esta estabeleceu uma joint venture com a Société Européenne des Satellites ses-Global. O satélite Brasilsat B4 foi lançado em 17 de Agosto de 2000.
Atualmente a Embratel conta com uma frota de cinco satélites de comunicações em órbita, para comunicações domésticas e internacionais, que apresentam uma altataxa de utilização.
Já em 14 de novembro de 2007 foi lançado o satélite StarOne C1 que já se encontra na sua posição final, substituiria originalmente o Brasilsat B2.
Em 18 de abril de 2008 A Star One lançou o StarOne C2. Estes satélites fazem parte da estratégia de renovação da frota de satélites da Star One, e substituirão os satélites Brasilsat B3,Brasilsat B4 e B2, que se aproximam do finalde sua vida útil.
Star One C1 e o StarOne C2 Trabalha com as Bandas C e Ku e Banda X,tem Polarização Linear,Capacidade: 28 C, 1 X e 16 Ku transponders, e tem Vida Útil de 15 anos.
O satélite StarOne C12 está sobre o oceano Atlântico, permitindo comunicações intercontinentais entre as Américas, Europa e África.
O satélite StarOne C3 substituirá o Brasilsat B3 na gama dos satélites decomunicações, pois este está no fim da vida útil. Seu lançamento será no mês de novembro, entre os dias 10 e 11 ou quando as condições atmosféricas estiverem
Os novos satélites possibilitarão o aumento da capacidade disponível, a expansão geográfica da abrangência de atuação e a oferta de novos serviços em banda Ku, assim acelerando o processo de internacionalização dos serviços via satélite da Embratel.Pela atual estratégia da Star One, a denominação Brasilsat deverá desaparecer e entrar em seu lugar somente o termo Star One.

BANDAS DE TRANSMISSÃO

As bandas são faixas especificas de frequências do aspectro eletromagnético.

BANDA “C”

Frequência entre 3,7GHz e 4,2GHz no Brasil ( em alguns países ela vai de 3,4GHz a 4,2 GHz) que é utilizada na comunicaçãopor satélites e também em links terrenos.
Para receber os sinais da Banda C, utiliza-se uma antena de diâmetro acima de 1.80 metros, que pode ser de superfície fechada ou aberta (tela expandida de alumínio). Além desse tipo de antena, o LNBF também é específico para Banda C, podendo ser monoponto ou multiponto. Finalmente, é necessário um receptor analógico, para o C2, ou um receptor...
tracking img