Saint simon

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1991 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Escola, Estadual, Ensino, Fundamental e Médio Cora Coralina















SAINT-SIMON










Alunas:







Ariquemes – RO


SAINT-SIMON


|Claude-Henri De Rouvroy, Conde de Saint-Simon (nascido a 17 de outubro de 1760 e falecido a 19 de maio 1825, em Paris), teórico social |
|francês e um dos fundadores do chamado "socialismo cristão". Em seutrabalho principal, Nouveau Christianisme, proclamou uma fraternidade |
|do homem que deve acompanhar a organização científica da indústria e da sociedade. A palavra "socialismo", no entanto, somente foi usada |
|primeiramente por volta de 1830, na Inglaterra, para descrever sua doutrina e de outros que o antecederam como Thomas More (1516; |
|"Utopia") e Campanella (1623; "Cidadedo sol") e inclusive Platão ("A república"). |
|Vida. Saint-Simon pertenceu a uma família aristocrática empobrecida, porém já conhecida na literatura através de um primo do seu avô, |
|duque de Saint-Simon, que havia escrito suas memórias da corte de Luís que XIV. A família descendia de Carlos Magno, segundo afirmava o |
|próprioClaude-Henri. |
|Como acontecia a muitos dos jovens aristocratas da época, após uma instrução irregular por tutores particulares, Saint-Simon, aos 17 anos,|
|entrou para o serviço militar. Estava nos regimentos enviados pela França para ajudar às colônias americanas na guerrada independência |
|contra a Inglaterra e serviu como um capitão da artilharia em Yorktown em 1781. |
|Durante a Revolução Francesa (1789), permaneceu na França. Valendo-se então, de recursos emprestados por um amigo, comprou por baixo preço|
|terras recentemente nacionalizadas pelo governo revolucionário. Esteve preso no Palais deLuxembourg mas, tendo sobrevivido ao Reinado do |
|Terror, achou-se enormemente rico com a grande valorização de seus bens. Passou a viver uma vida de esplendor e prazeres, recebendo |
|pessoas proeminentes de todas as áreas de atividade, em seus luxuosos salões. Os gastos desordenados o levaram, dentro de alguns anos, à |
|beira da falência. Voltou-se para o estudo da ciência,freqüentando cursos na École Polytechnique e recebendo distinguidos cientistas. |
|Saint-Simon vive o início de um clima intelectual que vai predominar por toda a primeira metade do século XIX e para o qual ele próprio |
|contribui de modo importante. É um movimento de renovação do interesse na religião, com exemplos de religiosidade sentimental como é o |
|caso do visconde deChateaubriand (1768-1848) autor e diplomata, um dos primeiros escritores do romantismo francês, ou de retorno à |
|teologia tradicionalista, como fazem Louis-Gabriel-Ambroise, visconde de Bonald (1754-1840) estadista e filósofo político, e o polêmico |
|moralista, diplomata e pensador católico Joseph de Maistre (1753-1821), ambos apologistas do Legitimismo contrário aos princípios da ||Revolução francesa e a favor da monarquia e da autoridade eclesiástica. |
|Saint-Simon, continuado depois por seus seguidores, tentou desenvolver uma síntese entre o pensamento científico socialista, |
|particularmente a análise da economia, e as crenças cristãs. Em seu primeiro trabalho publicado, Lettres d'unhabitant de Genève à ses |
|contemporains (1803) ("Cartas de um habitante de Genebra a seus contemporâneos"), Saint-Simon propôs que os cientistas tomassem o lugar |
|dos padres na ordem social. Argumentou que os proprietários de terras que tivessem o poder político poderiam esperar se manterem de |
|encontro aos não-proprietários somente subsidiando o avanço do conhecimento....
tracking img