Rute

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1450 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Rute
Na Septuaginta e na Vulgata ,o livro de Rute aparece entre o livros de Juízes e os de Samuel, como pertencendo ao mesmo período histórico.
              O livro de Rute é um pouco diferente dos demais, pois não se encontram em suas páginas as histórias de lutas e cativeiro, como nos outros livros dos históricos, tais como Josué, Juízes, os dois livros de Samuel, Reis e Crônicas.              Sua história dá mais ênfase à vida no campo e a fé de uma mulher batalhadora do que à história do povo de Israel como um todo.
Os acontecimentos narrados no livro deram-se durante o reinado dos juízes (Rt 1.1). A narrativa remonta à Elimeleque, apenas para que se entenda como uma família com três homens e suas mulheres tiveram de Belém para emigrar para Moabe, em virtude da fome. Na terra de Moabefaleceram o patriarca da família e seus dois filhos. As três viúvas decidem deixar aquela terra. Entretanto, a viúva Noemi volta à terra de seus antepassados, levando consigo sua nora Rute, também viúva, que insistiu em acompanhá-la. Aí encontraram um parente próximo, Boaz, que voluntariamente aceita o encargo de remidor, recebendo por esposa a Rute, que foi mãe de Obede e que foi avô de Davi.
 Significado dos nomes
              Elimeleque significa Meu Deus é Rei; Noemi agradável; Malom fraco (ou doente); Quiliom destruição Rute amiga
  
A fome e a imigração de Elimeleque
              A história do livro, sem apresentar muitos detalhes, tem início na imigração de Elimeleque para o país de Moabe. A participação de Elimeleque é curta, pois é citado apenas para introduzir o discurso einformar que era marido de Noemi e que tinha dois filhos. Passados dez anos da imigração, faleceram os filhos de Elimeleque, deixando viúvas Orfa e Rute, o que as leva cogitar o retorno para Moabe, ante os rumores que ouviram a respeito das maravilhas divinas (1.6).
              O motivo da morte de ambos os varões não é citado, tampouco é de importância para o deslinde da história. O querealmente importa é que as mulheres optaram por retornar à cidade de onde procediam seus maridos.
              A iniciativa do retorno é de Noemi. Rute demonstra lealdade à sua sogra e Orfa opta por aquilo que presume-se ser a tendência natural em caso de viuvez sem que houvesse quem suscitasse descendência ao morto.               A cidade aqui identificada como Belém de Judá tem a clara intenção dediferenciar a cidade em relação a outras que tinham o mesmo nome, como por exemplo Josué 19.15. A tradução do nome da cidade é bastante sugestiva Casa do Pão, ou na opinião de Cundal e Morris, celeiro, daí podendo entender-se por que o desejo de tornar ao local anteriormente habitado por Elimeleque.
              Tendo iniciado a jornada, Noemi resolveu interpelar a Orfa e Rute para que tornassema casa de suas mães, para que tivessem a possibilidade de contrair novo matrimônio. Ressaltou também que sua idade já não mais permitia gerar filhos para que lhes fosse por marido e que, ainda que isto fosse possível, elas não poderiam esperar tanto tempo até que crescessem. Os argumentos de Noemi foram suficientes para Orfa, que decide retornar (1.14); Rute, entretanto, opta por permanecer comNoemi.
              O conselho de voltar para casa de sua mãe parece dissociado daquilo que era comum, qual seja, tornar à casa do pai. Passagens como Cantares 3.4; 8.2 parecem apoiar esta idéia, contudo em Gênesis 38.11; Levítico 22.13; Números 30.16 e Deuteronômio 22.21 vemos a idéia em sentido contrário.
              O desejo de Noemi em que o Senhor dê descanso às suas noras talvez sejaexplicado pela leitura de Josué 21.45, em que se vê o conceito judeu de descanso e não pela ausência de atividades, como parece sugerir a palavra. Descanso implica em bençãos divinas.
              Com o retorno de Orfa, Noemi insiste mais uma vez (1.16) para que Rute faça o mesmo; porém ela está decidida e prefere ficar com Noemi (1.17), até que esta não mais argumenta em contrário...
tracking img