Roteiro para uso do sinan net, análise da qualidade da base de dados e cálculo de indicadores epidemiológicos e operacionais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 72 (17855 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]
Ministério da Saúde
Secretaria de Vigilância em Saúde
Departamento de Análise da Situação de Saúde
Departamento de Vigilância Epidemiológica

Manual de
ROTEIRO PARA USO DO SINAN NET, ANÁLISE DA QUALIDADE DA BASE DE DADOS E CÁLCULO DE INDICADORES EPIDEMIOLÓGICOS E OPERACIONAIS

Violência Doméstica, Sexual e/ou Outras Violências



VERSÃO PRELIMINAR





Brasília - DFDezembro de 2010
Ministério da Saúde – José Gomes Temporão
Secretaria de Vigilância em Saúde – Gerson Penna
Departamento de Análise da Situação de Saúde – Otaliba Libânio de Morais Neto
Coordenação Geral de Doenças e Agravos Não Transmissíveis – Deborah Carvalho Malta
Área Técnica de Vigilância e Prevenção de Violência e Acidentes – Marta Maria Alves da Silva

Departamento de VigilânciaEpidemiológica – Eduardo Hage Carmo
Diretoria Adjunta do Departamento de Vigilância Epidemiológica – Carla Alan Domingues
Centro de Informações Estratégicas e Resposta em Vigilância em Saúde – George Santiago Dimech
Gerência Técnica do Sistema de Informação de Agravos de Notificação – Ruth Glatt

|Material adaptado de:|
|Roteiro para Uso do SINAN Net, Análise da Qualidade da Base de Dados e Cálculo de Indicadores Epidemiológicos e Operacionais – |
|Caderno Geral 2008 |
|(http://dtr2004.saude.gov.br/sinanweb/novo/Documentos/SinanNet/analise/GERAL.pdf)|
|Roteiro para Uso do SINAN Net, Análise da Qualidade da Base de Dados e Cálculo de Indicadores Epidemiológicos e Operacionais – |
|Acidentes por Animais Peçonhentos 2008 |
|(http://dtr2004.saude.gov.br/sinanweb/novo/Documentos/SinanNet/analise/animPeconhentos.pdf)|


Organização da publicação
Eduardo Marques Macário – FUNASA

Autores da publicação
Ana Amélia Galas Pedrosa – SMS/Teresina-PI
Andrea Helena Fernandes Dias – GT-SINAN
Eduardo Marques Macário – FUNASA
Fernanda Carolina de Medeiros – GT-SINAN
Márcio Dênis Medeiros Mascarenhas – SVS/MS, UFPI, SMS/Teresina-PI
Marta Maria Alves da Silva – SVS/MS, UFG,SMS/Goiânia-GO
Naiza Nayla Bandeira de Sá – SVS/MS, UnB
Rosane Aparecida Monteiro – FMRP/USP
Ruth Glatt – GT-SINAN
Silvânia Suely de Araújo Andrade – SVS/MS

Colaboradores da publicação
Alba Lucy Giraldo Figueroa – SVS/MS
Cheila Marina de Lima – SVS/MS, SMS/Goiânia-GO, SES/GO
Luiz Otávio Maciel Miranda – SVS/MS
Mércia Gomes de Oliveira Carvalho – SVS/MS
Renata Tiene de Carvalho Yokota – SVS/MSSUMÁRIO

INTRODUÇÃO 4
PARTE 1: SISTEMA DE INFORMAÇÃO DE AGRAVOS DE NOTIFICAÇÃO 7
1. APRESENTAÇÃO DO SISTEMA 7
2. MECANISMOS DE NAVEGAÇÃO DO SISTEMA 7
3. ORGANIZAÇÃO DAS PASTAS GERADAS NA INSTALAÇÃO DO SINAN 8
4. ACESSANDO O SINAN 8
5. INCLUSÃO DE NOTIFICAÇÃO/INVESTIGAÇÃO DE CASOS DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA, SEXUAL E/OU OUTRAS VIOLÊNCIAS 10
6. CONSULTA 17
7. DUPLICIDADE 228. RELATÓRIOS 26
9. FLUXO DE RETORNO 29
1. EXPORTAÇÃO PARA DBF 31
2. TABWIN 33
3. ANÁLISE DE COMPLETITUDE DA BASE DE DADOS VIVA SINAN-NET 41
4. ANÁLISE DE CONSISTÊNCIA DA BASE DE DADOS VIVA SINAN NET 47
5. CÁLCULO DE INDICADORES EPIDEMIOLÓGICOS 54
6. CÁLCULO DE INDICADORES OPERACIONAIS 72
7. VISÃO GERAL DO EPIINFO 78
REFERÊNCIAS 95
BIBLIOGRAFIA CONSULTADA 95


INTRODUÇÃO



OSistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN) foi desenvolvido no início da década de 1990, com objetivo de fornecer informações para análise do perfil de morbidade através da coleta e processamento de dados sobre agravos de notificação em todo o território nacional1. Porém, a alimentação obrigatória da base de dados do SINAN pelos Municípios, Estados e Distrito Federal, foi...
tracking img