Roror

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1127 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
2.1 A diversidade étnica e a questão racial.
* A miscigenação dos indígenas, branco, negro africano e asiáticos deu origem a diversos grupos mestiços ou a uma diversidade étnica;
* Etnia: agrupamento humano cuja unidade repousa na comunhão de língua, cultura e de consciência grupal;
* Raça: termo hoje considerado impróprio, pois a ciência já constatou que, no sentido biológico, nãoexiste raça;
* Durante muito tempo utilizou-se a miscigenação para se afirmar que no Brasil sempre existiu uma “democracia racial”, procurando disfarçar o preconceito de cor;
* No final do século XIX, prolongando-se até meados do século XX, imperava a ideologia racista, fruto inclusive da ideologia imperialista reinante;
* Determinismo geográfico: diferenças de desenvolvimento entre ospovos devido às condições naturais ou físicas dos lugares, preponderando o clima;
* O desenvolvimento econômico desigual entre os povos era explicado, por algumas correntes de pensamento pelas diferenças raciais;
* Mascarados por essas idéias ou ideologias, escondiam-se grandes interesses econômicos, de dominação espacial, social e política;
* O desenvolvimento de alguns povos se fez àcusta da exploração e do subdesenvolvimento de outros;
* Conde de Gobineau: afirmou que no prazo de duzentos anos, ocorreria uma degeneração genética no país em decorrência da mestiçagem;
* Cristalizou-se, assim, na sociedade brasileira, através de pseudo-explicações científicas, o preconceito racial, que vem até nossos dias;
2.2 Os grupos brancos formadores da população brasileira.
*Os atlanto-mediterrâneos -a maior parte da população brasileira descende desse grupo, representado pelos portugueses, italianos, espanhóis e franceses;
* Os germanos ou teutões – representados pelos alemães, austríacos, neerlandeses ou holandeses, suíços, ingleses e escandinavos;
* Os eslavos – representados pelos russos, poloneses, tchecos, eslovacos, iugoslavos e poloneses;
* DaÁsia, apenas alguns grupos brancos destacaram-se na formação da população brasileira: os sírio-libaneses e os judeus;
* Do continente africano, destacam-se os egípcios;
* Dentre todos os imigrantes, destacam-se os portugueses, pois foram eles os colonizadores e os responsáveis pela formação inicial da neopopulação brasileira;
* Dos portugueses recebemos a herança cultural fundamental, namedida em que realizaram uma transplantação cultural para o Brasil;

2.3 O negro ou afro-brasileiro.
2.3.1Áreas de introdução do negro no Brasil.
* O negro africano foi trazido para o Brasil para ser utilizado como mão de obra escrava.
* Sua introdução obedeceu às necessidades da evolução da economia capitalista brasileira, as atividades econômicas que se destacaram com a escravidão dosnegros foram: agroindústria da cana de açúcar, lavoura do algodão, mineração e a lavoura da cana de açúcar.
* A imigração forçada do negro africano para o Brasil realizou-se principalmente nesses 4 pólos.
2.3.2 Os grupos negros africanos introduzidos no Brasil e suas contribuições culturais.
* Conforme as culturas que representavam e a partir do confronto com os negros do Brasil,tornou-se possível distinguir dois grandes grupos africanos dos quais o negro brasileiro descende: culturas sudanesas e culturas bantas.
* Os sudaneses são originários da África ocidental, de regiões próximas ao Golfo da Guiné.
* Os bantos vieram em maior número, são originários de regiões próximas ao Rio Congo.
* Quanto às contribuições do negro africano na formação da “cultura brasileira”,vários aspectos podem ser apontados, mas a condição de escravizado dificultou-lhe manter na íntegra sua cultura.
* Como os negros trazidos para o Brasil pertenciam a diferentes culturas africanas e a diferentes áreas geográficas do continente africano, havia entre eles diferenças culturais acentuadas.
* De modo geral, a contribuição cultural dos negros foi grande : na alimentação, dança,...
tracking img