Romentosmo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3304 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Índice
Romantismo
I Contexto Histórico
II Desenvolvimento e características
1. A primeira geração
a) Característica
2. A segunda geração
a) Características
2.4 Fagundes Varela
3 A terceira geração romântica
a) Característica
Comentário do poema “Navio Negreiro”
Realismo
I Contexto Histórico
II Características
Comentário do conto “Noite de Almirante”Introdução

O romantismo se inicia no Brasil em 1836, quando Gonçalves de Magalhães publica na França a Niterói – Revista Brasiliense, e no mesmo ano lança um livro de poesias românticas intituladas Suspiro Poético e Saudades.
Em 1822, D. Pedro I concretiza um movimento que se fazia sentir de forma mais imediata, desde 1808: a Independência do Brasil. A partirdesse momento, novo país necessita inserir-se no modelo moderno, acompanhado as nações independentes da Europa e América. A imagem do português conquistador deveria ser varrida; há a necessidade de auto-afirmação da Pátria que se formava. O ciclo da mineração havia dado condições para que as famílias mais abastadas mandassem seus filhos à Europa, em particular França e Inglaterra, onde buscasoluções para os problemas Brasileiros, apesar de não possuir o Brasil a mesma formação social dos países industrializados da Europa, representada pelo binômio burguesia/proletariado. A estrutura social brasileira ainda era marcada pelo binômio aristocracia/escravo; o “ser burguês” era mais um estado de espírito, norma de comportamento, do que uma posição econômica e social.
É nesse contexto queencontramos Gonçalves de Magalhães viajando pela Europa. Em 1836, vivendo o momento Francês, funda a revista Niterói, da qual circularam apenas dois números, em Paris. Nela, publica o “Ensaio sobre a História da literatura Brasileira”, considerado o nosso primeiro manifesto romântico:
O ano de 1881 é considerado marco final do romantismo, quando são lançados os primeiros romances de tendêncianaturista e realista (O Mulato, de Aluísio Azevedo, e Memórias Póstumas de Brás Cubas, de Machado de Assis) embora desde 1870 já ocorressem manifestações do pensamento realista na escola de Recife, em movimentos liderados por Tobias Barreto.

I Contexto Histórico

O romantismo define-se como modismo nas letras universais a partir dosúltimos 25 anos do século XVIII. Na Alemanha, em 1774 Gothe publica Werther, lançado as bases definitivas do sentimentalismo romântico e o escapismo pelo suicídio; em 1781 Schiller lança Os Salteadores, inaugurando a volta ao passado histórico, e mais tarde o drama Guilherme Tell, transformando o seu personagem em herói nacional na luta pela independência. Na Inglaterra, o Romantismo se manifesta nosprimeiros anos do século XIX, com destaque para Lord Byron e sua poesia ultra-romântica e Walter Scott com seus romances históricos. Mas se coube à Alemanha e a Inglaterra o papel pioneiro da nova tendência, coube à França o papel de divulgar o Romantismo, principalmente entre nós, brasileiros.
A segunda metade do século XVIII, com a industrialização modificando as antigas relações econômicas,leva a Europa a uma nova composição do quadro político e social, que tanto influenciaria os tempos modernos. Daí a importância da Revolução Francesa, tão exaltada por Gonçalves de Magalhães.
Assim é que o social delineia-se em duas classes distintas e antagônicas, embora atuassem parelhas durante a Revolução: a classe dominante, agora representada pela burguesia capitalista industrial; e a classedominada, representada pelo proletariado. O Romantismo, no dizer de um historiador, foi uma escola “da burguesia, pela burguesia e para a burguesia”, donde o seu caráter profundamente ideológico a favor da classe dominante. O nacionalismo, o sentimentalismo, o subjetivismo, o irracionalismo-característica marcantes do Romantismo inicial – não podem ser analisada isoladamente, sem se fazer...
tracking img