Rochas e minerais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4256 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO


O estudo das rochas e minerais é de extrema importância por ser a rocha o material de origem da maioria dos solos, e os minerais das rochas a fonte principal dos nutrientes para as plantas.
A crosta terrestre é formada essencialmente de rochas, cujos constituintes são na maioria das vezes, os minerais, podendo também, uma rocha constituir-se dos chamados mineralóides,como o vidro vulcânico, o carvão, ou outros compostos de origem vulcânica.
A exploração mineral tradicionalmente provoca intensa degradação ao meio ambiente, uma vez que sempre é acompanhada da remoção da camada vegetal, do solo e das rochas que estejam acima dos depósitos minerais.
A atividade mineral não pode deixar de existir uma vez que seus produtos são de grande importânciapara a sociedade. O grande desafio é produzir bens minerais sem degradar o meio ambiente, para isso é preciso haver uma conscientização do empreendedor para o mínimo de agressão e o melhor aproveitamento dos recursos minerais.



1. MINERAL


Minerais, do latim minera, são compostos químicos naturais (raramente elementos nativos), formados a partir de diversos processos físico-químicos queoperaram na crosta terrestre. A maioria esmagadora desses compostos ocorrem no estado sólido e compõem as rochas.
Um mineral que pode ser explorado economicamente passa a ser denominado de  minério e, à atividade referente à sua extração, chamamos mineração.
Estudos experimentais demonstram que cada mineral é formado sob uma condição físico-química específica, ou seja, a umadeterminada temperatura, pressão e concentração dos elementos químicos presentes no sistema.
Os minerais se mantêm imutáveis até que as condições ambientais atinjam os limites de sua estabilidade, a partir do que são substituídos por outros mais estáveis sob a nova condição. Alguns minerais, porém, possuem limites de estabilidade muito amplos e são praticamente imutáveis, como o diamante, ocoríndon, o grafite, etc.
Os minerais possuem uma grande variedades de propriedades (cor, dureza, brilho, índice de refração, transparência, clivagem, peso específico, etc), das quais ao menos uma delas serve para distingui-lo de todos os demais.


2.1 Bauxita


A Bauxita (em Portugal, Bauxite) é um minério que ocorre naturalmente. A bauxita é um material heterogêneo, compostoprincipalmente de um ou mais hidróxidos de alumínio, e várias misturas de sílica, óxido de ferro, titania, alumino silicato, e outras impurezas em quantidades menores.
Os principais hidróxidos de alumínio achados em proporções variadas na bauxita são gibisita e os isômeros boemita e diásporo. A bauxita é classificada tipicamente de acordo com a aplicação comercial: abrasivo, cimento, químico,metalúrgico, refratário, etc.
A maior parte da extração mundial de bauxita (aproximadamente 85%) é usado como matéria-prima para a fabricação de alumina, por lixívie cáustico químico, método conhecido como processo de Bayer. Subseqüentemente, a maioria da alumina produzida deste processo de refinamento é, por sua vez, empregada como o matéria-prima para a produção de alumínio metálico pelaredução eletrolítica da alumina em um banho de criolita natural ou sintética fundida (Na3AlF6), método conhecido como processo Hall-Heroult.
Bauxita é a matéria-prima mais usada na produção de alumina em escala comercial. Outras matérias-primas, como anortosito, alunita, rejeitos de carvão, e óleo de xisto, oferecem fontes potenciais adicionais de alumina. Embora requereria plantas novas queusam tecnologia nova, a alumina destes materiais não-bauxiticos poderia satisfazer a demanda para metal primário, refractários, substâncias químicas de alumínio, e abrasivos. Mulita sintética, produzida de cianita e silimanita, substitutos para refratários bauxiticos. Embora mais caros, carbeto de silício e alumina-zirconia substituem abrasivos bauxiticos


2.2 Quartzo


O quartzo é...
tracking img