Rio 92

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3383 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
FACCACI – FACULDADE DE CIENCIASCONTÁBEIS E ADMINISTRATIVAS DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM

ALINE MARCONCINI

JANAINA VINCO

PAULA SARTÓRI

WALESKA MARIA

GESTÃO AMBIENTAL

CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM, ES – 2011

RIO 92

1- O que foi?

A II Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento Humano, realizada em 1992 no Rio de Janeiro, teve como principal tema adiscussão sobre o desenvolvimento sustentável e sobre como de reverter o atual processo de degradação ambiental. Conhecida mundialmente como Rio 92, a conferência foi a maior reunião de chefes de Estado da história da humanidade com a presença de cerca de 117 governantes de países tentando buscar soluções para o desenvolvimento sustentável das populações mais carentes do planeta.
2- Qual o objetivo?O seu objetivo principal era buscar meios de conciliar o desenvolvimento sócio-econômico com a conservação e proteção dos ecossistemas da Terra.
3- Quais os documentos assinados?
O principal documento assinado na RIO-92 foi o Agenda 21, que consistia em um conjunto de ações e políticas a ser implantado por todos os países participantes da conferência, com o fim de promover uma nova políticade desenvolvimento, pautada na responsabilidade ambiental. Também foi assinada a Carta da Terra conhecida como Declaração do Rio que expõe 27 princípios que não constituem obrigações para os países signatários e pretende ter o mesmo valor da Declaração dos Direitos Humanos.

4- Qual a repercussão mundial do evento?

O evento foi acompanhado por todo o mundo e contou com a participaçãoda sociedade civil organizada que estiveram presentes nos dois principais eventos da Conferência: a reunião de chefes de Estado, Cúpula da Terra, e o Fórum Global, promovido pelas ONGs.

5- Quais os ganhos para o meio ambiente?

Repensava toda a cadeia produtiva, iniciando pela extração de matérias primas. Levavam em consideração os processos produtivos, com preocupações extensíveis àsaúde dos trabalhadores envolvidos no processo e considerava os consumidores finais das edificações. Fundamentava-se na redução da poluição, na economia de energia e água, na minimização da liberação de materiais perigosos no ambiente, na diminuição da pressão de consumos sobre matérias-primas naturais, no aprimoramento das condições de segurança e saúde dos trabalhadores, e na qualidade e custo dasconstruções para os usuários finais.

PROTOCOLO DE KYOTO

1 – O que foi?
O Protocolo de Kyoto é um instrumento internacional, ratificado em 15 de março de 1998, que visa reduzir as emissões de gases poluentes. Estes, são responsáveis pelo efeito estufa e o aquecimento global. O Protocolo de Kyoto entrou oficialmente em vigor no dia 16 de fevereiro de 2005, após ter sido discutido enegociado em 1997, na cidade de Kyoto (Japão).
2 - Qual o objetivo do evento?
- aumento no uso de fontes de energias limpas
- proteção de florestas e outras áreas verdes;
- otimização de sistemas de energia e transporte, visando o consumo racional;
- diminuição das emissões de metano, presentes em sistemas de depósito de lixo orgânico.
- definição de regras para a emissão dos créditos decarbono
3 – Quais os documentos e acordos assinados?

Implementação Conjunta (Joint Implemention) e o Comércio de Emissões (Emission Trading) e o terceiro, o Mecanismo de Desenvolvimento Limpo – MDL (Clean Development Mechanism), que trata de projetos que reduzam ou absorvam as emissões de GHG em países diversos e aqueles em transição para economia de mercado, como os do leste europeu,dos quais vários já aderiram à Comunidade Européia, em maio de 2004.

4 – O que é crédito de carbono?
Créditos de Carbono são certificados que autorizam o direito de poluir, ou seja, uma espécie de moeda ambiental, que pode ser conseguida por diversos meios: Projetos que absorvam GEE (Gases de Efeito Estufa) da atmosfera, reflorestamento.
5- Como comprar ou vender créditos de...
tracking img