Rfid

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 49 (12043 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ISSN 1678-2496N

GESTÃOdeRISCOS
Setembro 2010 | edição 59

SOLUÇÕES INTEGRADAS DE SEGURANÇA

ANÁLISE
Fuga Involuntária da Informação

EM FOCO
Pulseira Eletrônica em Recém-Nascido

A BRASILIANO & ASSOCIADOS analisa e avalia seus riscos, otimiza e oferece soluções. Com a BRASILIANO & ASSOCIADOS sua empresa terá uma Gestão de Riscos Integrada.

info@brasiliano.com.brwww.brasiliano.com.br 11 5531 6171

Ponto de Vista Editorial Em Foco
Pulseira Eletrônica em Recém-Nascido .................................. ..08

Análise
Fuga Involuntária da Informação ......................................... ..13 Soluções Integradas de Segurança: Salas de Comando e Controle ................................................ 17

Acontece segurança da Informação
Mitigando Riscos de IT........................................................ ..26

Análise
A importância da Investigação Empresarial no século XXI ..................................................... 32 Cultura de Segurança ............................................................ 36

opinião
Em dias de Experiências ........................................................ 38

ler&saber

A revista Gestãode Riscos é uma publicação eletrônica mensal da Sicurezza Editora. Rua Barão de Jaceguai, 1768. Campo Belo - São Paulo - SP 04606-004, BRASIL , Diretores | Antonio Celso Ribeiro Brasiliano e Enza Cirelli. Edição e Revisão | Mariana Fernandez. Arte e Diagramação | Agencia BM Design Colunista | Mariana Fernandez Colaboradores desta edição | Alex Henrique, Andre Pitkowski, Claudio dos Santos Moretti,Evaldo Tavares Barbieri, Gustavo Vedove, João Aparecido dos Santos e Leandro Fortes Brasiliano & Associados Online | www.brasiliano.com.br Blog da Brasiliano & Associados | www.brasiliano.com.br/blog

Ponto De Vista: Primarização Dos serViços De segurança! retrocesso De gestão? Parceria galinha x Porco!
Senhores, este editorial visa gerar polêmica e ao mesmo tempo reflexão. O tema é deextrema importância e vem gerando muita controvérsia. Temos uma tendência, que até pode ser revertida, dependendo da postura dos gestores de segurança como contratantes e dos prestadores de serviço como contratados. Vamos ver os questionamentos. Desde a década de 1980 nos países desenvolvidos e desde a de 1990 no Brasil, grandes empresas vêm buscando adequar sua estrutura organizacional às novasexigências de um mercado competitivo que demanda constante redução de custos, qualidade, velocidade de produção e atendimento ao cliente, com objetivo de encontrar um arranjo organizacional que possibilite maiores e melhores resultados. Dessa maneira, os modelos de gestão tradicionais caracterizados pelo controle, pela centralização e pela hierarquização passaram a ser substituídos por modelos maisflexíveis, mais horizontalizados. Ao mesmo tempo, depois de um passado de atuação isolada, em que cada empresa possuía fronteiras nítidas, novas combinações de operações têm sido colocadas em prática, na forma de alianças ou joint ventures, visando solucionar deficiências de conhecimentos, de capital e de acesso a novos mercados. As estruturas empresariais em rede, representadas em grande parte peloaprofundamento e maior abrangência dos processos de terceirização, se transformam em tendência. Os negócios passam em parte a ser realizados por um conjunto de empresas: elas somam recursos e fazem intercâmbios técnicos e complementares, sem que percam sua independência. Nesse quadro, ganhou força a flexibilização da remuneração –por meio da recompensa por resultados–, a flexibilização da jornada –pormeio de horários flexíveis– e, em especial a flexibilização do contrato de trabalho –sobretudo por meio da terceirização. O contexto mostra que a terceirização e ou quarteirização de determinadas atividades da segurança e gestão de riscos pode muito bem suportar as operações da empresa, com uma relação custo versus benefício muito boa. Em contrapartida a primarização, retorno da segurança...
tracking img