Retextualizar e reescrever

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4206 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Retextualizar e reescrever, editar e revisar:
Reflexões sobre a produção de textos e as redes de produção editorial
Carlos F. B. d’Andrea (UFV)
Ana Elisa Ribeiro (UFMG)


RESUMO: Apresenta-se uma revisão dos conceitos de retextualização e reescrita,estabelecendo relações entre
esses termos e a atividade profissional de editor e revisor. Além destas, outras atividades surgem em um cenário
complexo em que há certa “agregação” (KRESS; VAN LEUWEEN, 2001) na estrutura das atividades dos
profissionais do texto. Com base, principalmente, em conceitualizações de Marcuschi (2001), Dell’Isola (2007),
Matencio (2002; 2003) e em obras sobre produçãoeditorial, são retomados aspectos da reescrita e da
retextualização que se aproximam da revisão e da edição de textos. Conclui-se que a área de edição profissional
tem interesses em comum com práticas de produção textual no âmbito da educação.
Palavras-chave: Retextualização; Reescrita; Revisão de Texto; Produção de Texto; Edição.

1. Imagem e palavra
Não são incomuns afirmações a respeito darelevância e da prevalência que a
imagem teria em nossa cultura e em nossa sociedade hoje (FURTADO, 2006; KRESS; VAN
LEEUWEN, 2006). Se, para alguns, as linguagens audiovisuais suplantariam, em importância
e quantidade, a cultura escrita, há séculos central para o Ocidente, em favor de uma cultura
imagética, o que se pode observar em relação à publicação de textos está na contramão dessavisão. Ainda hoje, uma profusão de textos vem sendo produzida e veiculada nos mais
diferentes suportes, sejam eles impressos ou digitais. Parte significativa dessas publicações é
resultado de um processo em que textos “originais” (no sentido que lhes dá a editoração) são transformados em textos editados, em geral, “tratados” por vários tipos de profissionais. Isso
caracteriza um intenso processo dereorganizações da matéria-prima linguística, gerando uma
ininterrupta sequência de produção de textos baseados, em maior ou menor intensidade, em
textos anteriores.
Ao mesmo tempo, atualmente, parece consenso, nos estudos da Linguística, que um
texto deve ser tratado como um processo, numa abordagem que lhe enfatize as condições de
produção e recepção, e não como um produto acabado eauto-suficiente (conforme nos
ensinam, há décadas, CAMPOS, 1986, e COSTA VAL, 1997). Nesse sentido, conceitos como
o de reescrita e, principalmente, o de retextualização têm sido citados com frequência,
especialmente para abordar e descrever um processo de produção de textos que não se parece
com uma ação pontual e “inspirada” (como nas tradicionais “redações”, conforme
diferenciação de GERALDI, 1997ou COSTA VAL, 1997). Embora retextualização e reescrita
surjam, algumas vezes, sem uma distinção conceitual mais aprofundada, são conceitos
empregados na tentativa de mostrar o que ocorre a um texto, do “original” ao “final” (ou
“terminal”, para FIAD; BARROS, 2003), pelo menos do ponto de vista da produção (já que a
leitura é ainda outra história e merece um capítulo à parte).
Também nessecontexto, pode-se verificar que as diferentes atividades relacionadas à
produção textual, assim como as profissões ou funções a ela associadas, tais como a revisão e
a edição de textos, vêm ganhando crescente importância, ao mesmo tempo em que passam por
grandes transformações, entre outros fatores, por causa do impacto das tecnologias digitais de
produção e transmissão de informações notratamento dos textos para produção editorial.
Este artigo pretende, em primeiro lugar, esclarecer os conceitos de reescrita e
retextualização, apresentando uma breve revisão das principais definições já publicadas no
Brasil e procurando identificar as especificidades de cada um deles. Em seguida, procuramos
debater a relação entre esses conceitos e algumas práticas profissionais ligadas ao...
tracking img