Resumo do texto o poema do lá de josé guilherme merquior

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (361 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO
CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E NATURAIS
DEPARTAMENTO DE LÍNGUAS E LETRASResumo do texto MERQUIOR, José Guilherme. O poema do lá. In:_________. Razão do poema. 2 ed. Rio de Janeiro: Topbooks, 1996, p 57-68.

Gonçalves dias se abstém de adjetivos, o que dá maior intensidadeaos substantivos. O autor mostra um grande apreço pela pátria distante e, não desvaloriza a terra do exílio, mas a diminui ao compará-la com sua terra natal. As mesmas coisas que existem na terra doexílio, existem no Brasil, porém as coisas do Brasil têm mais valor por estarem localizadas no mesmo.
Entre “aqui” e “lá”, “toda a clareza do poeta é íntima, é subjetiva, não é mais que a dogmáticaconvicção de que, qualquer que seja o objeto, tudo que pertença ao país de origem é superior ao estrangeiro.” (p.11)
O autor varia o ritmo no verso que introduz a terra alheia. Essa variação, ainda queperceptível, é pequena. A pressa do ritmo do verso remete à obsessão pela terra nativa, ao pressentimento de um exílio definitivo.
“”A canção do exílio” é um poema simples e desnudo, mas não porquehaja nela, em alusão poética, os elementos essenciais da terra nativa. A verdadeira razão, o verdadeiro segredo de sua direta comunicabilidade é a unidade obstinada do sentimento que a domina.”(p.17)Apesar de eximir-se de adjetivos, a qualificação presente no poema aparece na comparação entre Brasil e Portugal e nasce da nostalgia, sentimento de saudade. Entre esse sentimento, surge também avontade de evadir-se da terra do exílio. O saudosismo traz uma visão idealista, mas incompatível com o desejo desse ideal, logo, o autor se encontra atrás de uma resposta para sua pergunta: Sua terranatal é ou não mais perfeita que a terra do exílio? “Profundamente brasileira é a saudade da terra natal, na forma de um desprezo cego pela realidade objetiva do país.”(pp. 18,19)
Apesar da melancolia...
tracking img