Resumo do livro o segredo de uma família feliz

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 20 (4926 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
RESUMO

O livro intitulado “o segredo de uma família feliz” publicado pela editora Sociedade Torre de Vigia de Bíblias e Tratados, edição de 1996, é composto de 191 páginas e 16 capítulos. As informações contidas nele dirigem-se essencialmente à famílias cristãs, podendo as que não são, beneficiarem-se dos conselhos encontrados nele.
De uma forma geral este livro baseado na bíblia, abordaassuntos relacionados com o casamento, como criar filhos, espelha problemas que as famílias enfrentam (o individualismo, as pressões económicas, o aumento do divórcio que tem resultado no aumento do surto de famílias sem pai, a rebelião juvenil, o abuso de crianças, a violência contra o cônjuge, o alcoolismo, etc.), fala das causas dos mesmos e adianta soluções. Mostra o que Deus como o “originador dafamília” quer que elas façam para encontrarem o “segredo” para a felicidade familiar, que como o livro mostra no seu conteúdo, está na aplicação de princípios bíblicos por parte de cada membro da mesma.
O livro enfatiza a fidelidade conjugal, como sendo o modelo de vida a dois, correcto e que agrada aos olhos de Deus, sendo que Ele ao instituir o casamento, pôs um único homem para uma única mulher.Incentiva também os cônjuges a sempre procurarem manter aceso o compromisso, o amor, e o respeito (estes últimos, constituem as chaves para um casamento duradouro) mútuo que se criou desde o namoro, o que eles como pais devem fazer para que seus filhos sintam que eles os amam e confiam, e sintam a segurança que uma família deve proporcionar, e como os filhos devem honrar seus pais enquanto aindavivem com eles, e quando estes envelhecerem.
“Para que a família seja realmente feliz”, diz o livro, “seus membros devem fazer juntos a vontade de Deus, seguir as directrizes dele contidas na bíblia, fazer a vontade de Deus ajuda os pais a tomar decisões correctas, e os filhos a serem mais hábeis nas suas responsabilidades, e acima de tudo garante uma posição privilegiada perante Deus, tendo apossibilidade de ganhar a vida eterna num futuro bem próximo”, o livro menciona muitas qualidades que melhoram o casamento e que vale a pena se empenhar em cultivar, uma delas o autodomínio (Provérbios 25:28; 29:11), que evita com que os cônjuges entreguem-se a emoções destrutivas, como fúrias ou paixões imorais, violência e o alcoolismo, que são identificados no livro como sendo “problemas que causamdano a família e podem minar a paz dentro dela”, cultivando o auto-domínio a família enfrentará com mais serenidade as provações e as situações difíceis que lhe sobrevier. O equilíbrio e a coerência também são mencionados várias vezes no livro, como sendo qualidades necessárias ao preparar-se para o casamento, e ao longo dele em aspectos como ao dirigir a família, ao disciplinar filhos, naescolha de lazer, quando alguém na família adoece, etc.

Incentiva o marido como o cabeça da família, a ter um conceito correcto sobre a chefia que Deus lhe confiou (Efésios 5:22-25, 28-33; 6:1-4) liderando ela; a esposa o apoiar lealmente e os filhos obedecerem. O marido não deve exercer a chefia de forma ditadora, onde só ele fala e mais ninguém, mas estar disposto a ouvir opiniões, o que propiciaráum bom ambiente familiar onde esposa e filhos serão motivados a mostrar amor respeito e sujeição voluntárias, e a esposa estará mais propensa a cumprir com seu papel de cooperadora, ajudadora e complemento do homem, e trabalhar lado a lado com o marido ao invés de competir com ele (Génesis 2:20). Cumprir com esse princípio ajudará ambos a ter apreço pela função um do outro e a tratarem-semutuamente com o devido respeito e dignidade.
O livro espelha também a importância de uma boa comunicação entre os membros da família, comunicação aberta, honesta e franca, diz que os membros da família devem tirar tempo para ouvir um ao outro, e que ter em atenção especial a forma como se comunicam é importante, o tom da voz e a escolha de palavras certas (Provérbios 15:1; 21:9; 29:11,20). As famílias...
tracking img