Resumo do livro saga brasileira - isabelle ribeiro rodrigues

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2346 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A Travessia
O que é uma moeda ?
“A moeda é reconhecida como um meio de troca aceito no pagamento de bens, serviços e dívidas. Além disso, serve para mensurar o valor relativo que algum tipo de riqueza ou serviço possui. O preço de cada mercadoria é atribuído por meio de um número específico de moedas ou cédulas que demarcam a quantidade a ser paga por esse bem.”
Pode-se resumir como a moedasendo algo que foi aderido um valor e que é utilizado como forma de pagamento ou para colocar um preço a uma mercadoria, por exemplo. Já foi o tempo em que a moeda era um símbolo nacional junto com a bandeira e o hino. Porém atualmente vários países europeus abriram mão de uma moeda nacional para aderir o euro e os vários benefícios para uns e prejuízos para outros.
No Brasil o desejo de “uma moedaque permaneça na qual os preços subam e desçam de forma moderada” foi alcançada depois de milhões de brasileiros sofrerem por mais de duas décadas com inflações e mudanças. “A moeda mudou de nome cinco vezes, perdeu nove zeros, foi dividida por 2750 no meio de incontáveis intervenções governamentais na vida privada.”
A travessia do povo brasileiro, os sofrimentos e as decisões erradas e certarlevaram ao Brasil encontrar os trilhos da modernização.

Nosso vício, desde o início.
Durante todo o século XX a inflação subiu, porém se recuarmos na história veremos que a inflação é antiga desde de D. João VI cunhando moedas para financiar gastos da corte que desembarcou em crise; D. Pedro Fabricando dinheiro para financiar a Independência etc.
Essa inflação foi calculada em número dosvários anos que ela persistiu. De Julho de 1964 a julho de 1994, data do Plano Real, a inflação acumulada, medida pelo IGP-DI, foi de 1.302.442.989.947.180,00%. Ou seja, 1 quatrilhão e 302 trilhões.
Um fim de semana em Nova York
O que foi a crise de 2008?
“A crise financeira de 2008 foi a maior da história do capitalismo desde a grande depressão de 1929. Começou nos Estados Unidos nosetor imobiliário, quando o credito em excesso e os juros baixos levaram a uma valorização dos imóveis, o que estimulou a compra e principalmente o financiamento, fazendo com que a aquisição da casa própria fosse realizada. Para que os compradores pudessem realizar esse financiamento, os bancos ofereciam recursos financeiros vinculados às hipotecas, até mesmo as subprimes (empréstimos de altorisco).
Em 2005, a taxa de juros aumentou no intuito de reduzir a inflação, o preço dos imóveis caiu, de forma a impedir   o refinanciamento para os clientes subprimes, que se tornaram inadimplentes em massa, negociar era impossível, o que desencadeou um efeito dominó, fazendo balançar o sistema bancário internacional.
  Consequentemente, o problema cresceu, tendo seu pior momento em setembro de2008, quando os prejuízos das instituições bancárias chegaram a milhões de dólares e algumas decretaram falência. 
 O evento detonador da crise foi a falência do banco de investimento Lehman Brothers no dia 15 de setembro de 2008, após a recusa do Federal Reserve (Fed, banco central americano) em socorrer a instituição. Essa atitude do Fed teve um impacto tremendo sobre o estado de confiança dosmercados financeiros, rompendo a convenção dominante de que a autoridade monetária norte-americana iria socorrer todas as instituições financeiras afetadas pelo estouro da bolha especulativa no mercado imobiliário”
A expressão famosa “too big to fail” ou “grande demais para quebrar” alimentaram, na época, a esperança de salvarem o Lehman como outros bancos grandes foram, mas isso não ocorreu.Henrique Meirelles na época o presidente do Banco Central ao viajar para Nova York e ver que o Lehman tinha 60 mil contratos abertos viu que o Brasil seria afetado de alguma forma. Tomou medidas de empréstimos das reservas cambias, em dólares numa operação de empréstimo entre outras medidas.
Ao final da crise ocorreu várias fusões de empresas brasileiras, porque estas apostaram que o dólar não iria...
tracking img