Resumo de rubem fonseca

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 21 (5197 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
É um livro de contos publicado em 1975 e que foi censurado na época da ditadura. Não é para menos, o conto que leva o nome do livro é um soco na boca do estômago. A história narra uma invasão de marginais numa festa de final de ano numa casa de grã-finos, causando várias cenas de violência.
Os outros contos relatam personagens marginais, mesquinhos, sofridos e loucos que transmitem valoresinvertidos do status quo da sociedade da época. Principalmente, na década de setenta do século passado.
Em minha opinião, os contos são atuais, mas se deve levar em conta o contexto histórico do Brasil da época, onde o falso moralismo da ditadura imperava. Rubem Fonseca usa a violência e o sexo como forma de construir um estilo literário que choque e faça os leitores pensarem sobre o que acontecianaquele momento como, por exemplo, a hipocrisia, a crueldade das desigualdades sociais e o sadismo de uma burguesia que usa os outros como se fossem acessórios, principalmente, para obter prazer. O conto Passeio noturno chamou-me a atenção a crueldade de um homem de negócios e pai de família, que sai de noite para atropelas as pessoas. Este outro lado da natureza humana, assustou muito os poderososda época, que sentira uma estranha repulsa.
“ Suspender Feliz Ano novo foi pouco. Quem escreveu aquilo deveria estar na cadeia e que lhe deu guarida também. Não consegui ler nem uma página. Bastaram meia dúzia de palavras. É uma coisa tão baixa que o publico não devia tomar conhecimento.” Senador Dinarte Mariz. Folha de S. Paulo, 7.1.77.
O autor utilizou a crueza para levantar a poeira escondidado tapete. Não utilizou os subterfúgios da metáfora e artifícios subliminares. Também, mostra como a sociedade produz monstros que assustam como bichos papões as "famílias de bem".
Seus contos são cinematográficos e ele consegue passar sua bagagem cultural sem ser pedante. Textos enxutos e impactantes são características de Rubem Fonseca, tornando uma referência na literatura contemporânea.Nascido em Juiz de Fora, Minas Gerais, em 11 de maio de 1925, José Rubem Fonseca é formado em Direito, tendo exercido várias atividades antes de dedicar-se inteiramente à literatura. Em 31 de dezembro de 1952 iniciou sua carreira na polícia, como comissário, no 16º Distrito Policial, em São Cristóvão, no Rio de Janeiro. Muitos dos fatos vividos naquela época e dos seus companheiros de trabalhoestão imortalizados em seus livros. Aluno brilhante da Escola de Polícia, não demonstrava, então, pendores literários. Ficou pouco tempo nas ruas. Foi, na maior parte do tempo em que trabalhou, até ser exonerado em 06 de fevereiro de 1958, um policial de gabinete. Cuidava do serviço de relações públicas da polícia. Em julho de 1954 recebeu uma licença para estudar e depois dar aulas sobre esseassunto na Fundação Getúlio Vargas, no Rio. Na Escola de Polícia destacou-se em Psicologia. Contemporâneos de Rubem Fonseca dizem que, naquela época, os policiais eram mais juízes de paz, apartadores de briga, do que autoridades. Zé Rubem via, debaixo das definições legais, as tragédias humanas e conseguia resolvê-las. Nesse aspecto, afirmam, ele era admirável. Escolhido, com mais nove policiaiscariocas, para se aperfeiçoar nos Estados Unidos, entre setembro de 1953 e março de 1954, aproveitou a oportunidade para estudar administração de empresas na New York University. Após sair da polícia, Rubem Fonseca trabalhou na Light até se dedicar integralmente à literatura. É viúvo e tem três filhos.
Reconhecidamente uma pessoa que, como Dalton Trevisan, adora o anonimato (o único registrofotográfico que conseguimos foi feito há muitos anos), é descrito por amigos como pessoa simples, afável e de ótimo humor.
Foi, ao longo de sua carreira, agraciado com inúmeros prêmios literários, abaixo descritos.
Sendo profundamente interessado na arte cinematográfica, escreve também roteiros para filmes, muitos deles premiados:
- Coruja de ouro, roteiro Relatório de um homem casado, filme dirigido...
tracking img