Resumo de obra

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1097 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O livro que vou apresentar tem como título “Quando o Papá voltar”, o título original é “When Daddy Comes Home”, é uma história verídica de Toni Maguire e portanto é no fundo parte da sua biografia, esta obra é o seguimento de uma outra que tem como título “Não digas nada à mamã”. É um texto narrativo e como já referi uma história verídica, com uma narradora autodiegética, ou seja, protagonista dahistória que conta, e participante. Este livro foi editado em Junho de 2009, em Portugal, pela editora ASA. O livro original foi editado em 2007. Este livro foi traduzido do inglês por Isabel Alves.
Esta obra retrata a triste e violenta infância de Toni, a luta de uma filha contra a crueldade do pai e o desprezo da mãe.
Toni tinha um grande amor pela mãe, um amor que acreditava estar acima detudo e todos.
Até ao dia em que foi violada pelo pai com apenas 6 anos.
Ainda abalada recorreu ao seu porto seguro, a sua mãe convicta de que aí encontraria todo o apoio e defesa de que necessitava. Mas nesse momento teve o primeiro, e talvez o maior, desgosto de toda a sua vida. A mãe simplesmente nada fez para defender a filha nem impedir que esta fosse violada pelo próprio pai vezes semconta.
As únicas palavras que dirigiu a Toni “Se falares as pessoas não irão acreditar em ti. Serás criticada e apontada e acabarás posta de lado”.
Foi sob esta ameaça que Antoinette, assim se chamava em menina, suportou durante os 7 anos seguintes com as violações do pai, que chegavam 3 vezes por semana.
Esse pesadelo teve fim no dia em que engravidou do próprio pai. Tinha apenas 14 anos.
Agravidez veio obrigar a que a situação viesse a público. Antoinette fez um aborto, discreto mas que quase a matou, para evitar os falatórios, que eram o maior receio da mãe.
Ruth, mãe de Antoinette, tinha pânico de ser alvo de falatório, na mente dela criou uma fantasia de que tinha uma família feliz, um marido vistoso e charmoso, e a casa com que sempre sonhou, e nada nem ninguém iria destruiressa felicidade, fosse o preço que fosse que tivesse de pagar por isso.
Joe, o pai de Antoinette foi condenado a 4 anos numa prisão em vez de um Hospital psiquiátrico conforme a defesa pretendia, após o testemunho de Antoinette, que revelou que o pai teria usado um plástico que parecia um balão para que sua filha não engravidasse, o que determinava que Joe esteve sempre consciente e nunca tevenenhum ato de violação por demência.
A identidade de Antoinette nunca saiu nos jornais que relatavam o caso, mas na aldeia onde viviam toda a gente sabia quem era o violador e quem era a vítima. Antoinette julgava ter finalmente encontrado alguma paz para continuar a sua vida mas ao contrário do que seria de esperar o pesadelo tinha tomado outra forma. As pessoas culpavam-na a ela, tal como o paihavia dito, foi expulsa da escola, as raparigas da idade dela, com quem se dava antes, deixaram de lhe falar e a mãe acabou por mudar para outra cidade após ter vendido a casa à pressa.
Durante o tempo em que o pai esteve preso, Antoinette e a mãe conseguiram fazer renascer a amizade e companheirismo que tinham quando o pai estava fora, em combate.
Compraram uma casa, transformaram-na num laracolhedor, com um ambiente familiar que estava há muito esquecido. A mãe de Antoinette arranjou trabalho num café e mais tarde Antoinette também foi para lá trabalhar. Ajudava a mãe nas despesas e juntava algum dinheiro para o seu futuro. O que ela não sabia era que esse futuro ia ser abalado no dia em que o pai saísse da prisão e a mãe o aceitasse de volta como se nada se tivesse passado.

Joesaiu da prisão sem arrependimento e o futuro que ele tinha em mente era tornar a vida de Antoinette num inferno e subjugar a mulher. Sempre que Antoinette tentava fazer algo de bom para ela ou apenas para agradar ao pais ou levantar a cabeça Joe tratava de a rebaixar. Estava habituado a que Antoinette fosse sempre obediente por muito cruel que ele fosse para ela, e também estava habituado a que...
tracking img