Resumo de imunologia

NOÇÕES DE IMUNOLOGIA

A função do sistema imunológico é a defesa contra microorganismos infecciosos, e até mesmo contra substâncias estranhas não-infecciosas que podem desencadear uma resposta imunológica. Contudo os mecanismos que protegem os indivíduos das infecções e eliminam substâncias estranhas são capazes de causar lesão tecidual e doenças em algumas situações. Assim, a imunidadeé uma reação a substâncias estranhas e/ou substâncias químicas, independente das consequências fisiológicas ou patológicas de tal reação. As células e moléculas responsáveis pela imunidade formam o sistema imunológico, e a sua resposta coletiva e coordenada à invasão de substâncias estranhas chama-se resposta imunológica. Desta forma, a Imunologia é uma ciência que estuda as doenças infecciosas eas respostas do organismo às mesmas. A evolução da Imunologia surgiu da nossa habilidade em manipular as funções do sistema imunológico em condições controladas. Um exemplo dessa manipulação são as vacinas, um método de induzir imunidade a doenças infecciosas. A defesa contra microorganismos é mediada pelas reações iniciais da imunidade natural e as respostas tardias da imunidade adquirida. Asrespostas imunológicas natural e adquirida fazem parte de um sistema integrado e funcionam em cooperação, contudo, muitos microorganismos patogênicos desenvolveram resistência contra a imunidade natural, e sua eliminação requer a atuação da imunidade adquirida, que é estimulada pela resposta imunológica natural.
- Imunidade natural (inata/nativa ou inespecífica) – é a defesa inicial contramicroorganismos e produtos das células lesadas. São mecanismos de defesa celulares e bioquímicos que estão presentes antes que haja uma infecção e que são programados para responder rapidamente quando esta ocorrer. Esse mecanismo responde essencialmente da mesma maneira a sucessivas e diferentes tipos de infecções, pois não consegue distinguir diferenças discretas entre substâncias estranhas. Seusprincipais componentes são: a barreira epitelial e as substâncias antibacterianas na superfície epitelial; células fagocitárias dos tecidos (neutrófilos, macrófagos e células NK – natural killer); células do sangue (eosinófilos, basófilos e monócitos); proteínas sanguíneas (frações do sistema complemento e mediadores da inflamação) e proteínas chamadas citocinas que coordenam e regulam váriasatividades das células na imunidade natural.
- Imunidade adquirida (adaptativa ou específica) – desenvolve-se em resposta a infecções e se adaptam a ela. Possui grande especificidade para distinguir diferentes moléculas e habilidade de memória que a permite responder com mais intensidade a exposições subseqüentes ao mesmo microorganismo, por isso é chamada de “adquirida” para enfatizar que asrespostas protetoras são adquiridas por experiência e, devido sua capacidade de distinguir microorganismos e moléculas, é também chamada de imunidade específica. Seus principais componentes são os linfócitos e anticorpos e as substâncias estranhas que induzem a respostas imunológicas específicas são chamadas de antígenos. Existem dois tipos de resposta imunológica adquirida: a imunidade humoral e acelular:
Imunidade Humoral: é mediada pelos anticorpos (ACPs), moléculas presentes no sangue e nas secreções das mucosas. Anticorpos são produzidos pelos linfócitos B e sua função é reconhecer antígenos microbianos, neutralizar infecções, e preparar os microorganismos para serem eliminados por mecanismos efetores. Esse tipo de imunidade é o principal meio de defesa contra microorganismosextracelulares e suas toxinas. Os anticorpos são específicos e diferentes tipos de anticorpos podem ativar mecanismos efetores diferentes.
Imunidade celular: é mediada pelos linfócitos T que promovem a destruição dos microorganismos localizados em fagócitos ou a destruição de células infectadas.
A imunidade onde os indivíduos respondem a um antígeno microbiano e estão protegidos...
tracking img