Resumo cap. 3 idalberto chiavenato

Resumo do capítulo III
do livro “Introdução a Teoria Geral da Administração”

A Teoria Geral da Administração, apesar de ter tido um lento princípio no século XIX, teve o seu verdadeiro pontapéinicial no começo do século XX com a Teoria da Administração Científica de Frederick Taylor, cuja ênfase é colocada nas tarefas, com uma tentativa de aplicação dos métodos científicos da mensuração eobservação aos problemas de administração de empresas focando, principalmente o aumento da eficiência industrial. Ao lançar as bases de sua teoria, Taylor estava preocupado com eliminar os rastros dosdesperdícios e perdas sofridos pela industria e elevar a produtividade por meio da engenharia industrial. Procurou aplicar às operações manuais os mesmos princípios que os projetistas aplicavam àsoperações das máquinas no século XIX. Para tanto, ele identificava o trabalho a ser feito, decompunha-o em suas operações individuais, designava a maneira certa de realizar cada operação e, finalmente,reunia as operações na sequencia que permitia realizá-lo mais rapidamente e com maior economia de tempo e movimentos.
Podemos separar a construção da teoria de Taylor em períodos, o primeiro dos quaisequivale ao período de seu primeiro livro sobre gerencia de fábricas. Em dito período, Taylor se concentra em revogar a mentalidade da época, onde o foco era o pagamento por peça fabricada, o quecausava segundo o teórico, que um funcionário bom, ao ver que recebia o mesmo tanto que um funcionário medíocre se acomodava e passava a produzir menos que sua capacidade total. Portanto, para contornartal problema Taylor postulou que o objetivo da Administração é pagar salários melhores para reduzir custos operacionais unitários, e para tal deviam-se aplicar métodos científicos de pesquisa eexperimentos para estabelecer processos padronizados. Além disso, os empregados devem ser cientificamente escolhidos e colocados em lugares propícios de trabalho para que as normas sejam seguidas, sendo...
tracking img