Resenha

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1601 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Resenha crítica
Claudete Bessa de Souza
Sagan, Carl- O mundo assombrado pelos demônios: a ciência vista uma vela no escuro – São Paulo: Companhia das letras, 1996.
Carl Eduard Sagan nasceu em 9 de novembro de 1934 na cidade Brookin, NY (EUA), professor de astronomia e ciências espaciais na Coornell University e autor de dezenas de livros e artigos, se formaram em 1955 em bacharel, mestre em1958, doutorado em astronomia e astrofísica em 1960 na universidade de Chicago, lecionou e nas universidades de Stanford, Harvard e Cornell de 1960 a 1968, neste ano 1968 fundou e dirigiu o laboratório de Estudos Planetários.
O mundo assombrado pelos demônios
Descrevem temas que nos fazem acreditar que a ciência é coisa mais preciosa que existe e nos leva a ter esperanças sobre a cura de váriasdoenças como o Câncer e a AIDS e que ela é capaz de fazer com que as pessoas tenham fé e não desistem de acreditar, através dela encontram a resposta para qualquer problema que aparece em suas vidas. “Toda nossa ciência comparada com a realidade é primitiva e infantil e, no entanto é a coisa mais preciosa que existe! (Albert Einstein)”.
Ciência e a arte que certas pessoas têm de estudar umdeterminado tema pelos seus próprios esforços. Fala sobre as várias áreas das ciências, mitos, histórias antigas, conta a respeito da cidade de Atlântida e bemúria é que a ciência nunca prova serem realmente elas existiu, Atlântida segundo os mitos era uma civilização avançada tecnologicamente e usava cristais como fonte de energia e que o centro da terra era controlado por um cristal quase perfeito eimenso feito de ferro e a mesma afundo cerca de 10 mil anos atrás e que se encontra no fundo do mar, mais nunca foi encontrada.
A ciência avançou tanto que hoje podemos viver cerca de 80 anos, enquanto décadas atrás a média de vida era de vinte a quarenta anos. A pseudociência é qualquer tipo de conhecimento e é baseado em fatos científicos verdadeiros mais, no entanto é falsa e mesmo assimatravés dela é fácil explicar aquilo que não se compreende, como a fé que algumas pessoas têm em orações que são capazes de deixarem que suas crianças morram porque não creem na ciência humana e ainda tem aquelas que acreditam em curandeiros astrologias e muitas outras ciências místicas. Há pelos Demônios que nos assombram que moram em nosso intimo e que não podemos fazer distinções entre visões que sãoverdadeiras ou falsas e que levam pessoas a frequentarem terapias para que possam sentir-se bem consigo mesmo.
O homem foi capaz de viajar a outros planetas e tenta desvendar e conquistar as estrelas, tentando descobrir outras formas de vida e se seremos capaz de descobrirmos outras formas de vida se desvendar todos os mistérios do espaço e que somos visitados por alienígenas. O ser humano écapaz de distinguem entre visões verdadeiras e falsas a mente crédula experimenta um grande prazer em acreditar em coisas estranhas quanto mais estranhas forem mais facilmente serão aceitas mais nunca levam em consideração as coisas simples e plausíveis mais toso mundo pode acreditar nelas. Sagan diz que ela foi queimada viva por ter visão de um mundo diferente e de igualdade para todos onde aspessoas pudessem ser o que quisessem e ela foi considerada um herege por ser tão diferente por seu modo de pensar “Joana Dark”.
Fala-se de violência sexual de crianças que confiaram nas mesmas pessoas que as violentam e foram levadas a fazerem terapias para livrarem da dor e da vergonha e que todos os problemas que algumas pessoas têm e não sabe a causa e que o bem e o mal caminham lado a lado e queexiste Deus e o Diabo para ver ordem entre o certo e o errado. Sagan diz que as pessoas são tão céticas por acreditar em todas essas ciências que nem tudo que existe pode ser explicado pela ciência aí entra a Pseudociência e a Pseudoreligião.
Aqueles que se opõem a qualquer ciência o chamado anticiência. E não há verdade objetiva mais criamos a nossa própria verdade, não há realidade objetiva...
tracking img